Analista de negócios: quais são as funções e média salarial?

Analista de negócios é um profissional que vem ganhando um bom destaque no mercado profissional.

Anúncios

Isso se deve ao fato da função exercer papel fundamental para o funcionamento e evolução da empresa.

E, diferente do que muitos acreditam, o analista de negócios vai muito além da gestão, participando também das áreas de publicidade e até mesmo de negociações.

Caso você ainda não conheça essa função, fique conosco, pois, no material de hoje apresentaremos essa possibilidade profissional.

Dito isso, para entender o que é, onde atua, média salarial e muito mais, basta conferir o conteúdo! 

Analista de negócios: conheça o cargo 

Você já parou para pensar quantas áreas uma empresa precisa para funcionar? 

Em uma breve reflexão, podemos pensar de imediato em: RH, marketing, gestão, operacional, e logística. 

Com isso, podemos perceber que só na parte de gerenciamento básico, já tem muita coisa para colocar nos trilhos.

Afinal de contas, se uma destas áreas falha, a empresa acaba tendo prejuízos no funcionamento geral.

E, muito além de funcionamento individual, é preciso que todas as áreas funcionem juntas, com um mesmo objetivo.

Mas, como isso é possível? Apenas a gestão individual é capaz de universalizar tudo?

A resposta para essa pergunta está num cargo que já existe a um bom tempo, mas que ganhou destaque nos últimos anos.

Estamos falando do analista de negócios, o profissional responsável por analisar a gestão do negócio por completo.

O analista de negócios é aquele que atua em meio a todas as áreas interessadas para a execução de um projeto ou negociação.

Desse modo, este é um profissional altamente capacitado para lidar com demandas variadas, que viabilizem a execução e finalização do projeto.

Com isso, podemos considerar que esse é o profissional central para a construção de uma negociação.

É ele quem avalia todos os itens, fica de olho no mercado e assim verifica viabilidade para execução de um determinado planejamento.

Com isso, são funções do analista:

  • Análise de demandas de clientes;
  • Definição de escopo e análise de negócio;
  • Estudo de tendências, mercado e concorrência para determinado negócio;
  • Localização de boas oportunidades ao modelo de negócio da empresa.

Qual a formação necessária?

A esta altura nós já sabemos o que é o profissional analista de negócios e quais suas principais atribuições.

Com isso, fica simples entender que ter um analista de negócios na empresa é fundamental para viabilizar novos projetos.

Isso porque é através de uma boa análise de mercado, atrelada ao estudo de solicitações dos próprios clientes que permite a criação de produtos de sucesso.

Desse modo, escolher a carreira de analista de negócios é excelente para quem busca um mercado satisfatório.

Afinal de contas, demanda é o que não falta!

Mas, para isso, é importante saber qual a formação necessária.

Para se tornar um analista de negócios a formação básica é na área de TI (Tecnologia da Informação).

Isso porque, esta é uma graduação que capacita o estudante para lidar com novas tendências de mercado, especialmente relacionadas à tecnologia.

Por isso, o primeiro passo para entrar na carreira é a faculdade de TI, que pode ser encontrada com facilidade em diversas instituições de ensino superior.

Mas, como vimos, o analista também lida com questões de marketing, publicidade, gestão e até mesmo contabilidade.

Desse modo, investir em conhecimentos nessas áreas também pode acrescentar muito ao currículo!

analista de negócios

Em quais áreas o analista de negócios pode atuar?

Ao decidirmos por qual profissão seguir, a principal dúvida que surge é quanto a onde atuar.

Isso porque, existem áreas bem limitadas, e até mesmo profissões que não têm bom mercado.

Mas, quando se trata de analista de negócios, isso é totalmente o contrário.

Isso porque, a vantagem do analista de negócios é que ele pode atuar em qualquer área!

O motivo para isso é que o que determina a atuação é a empresa contratante, já que é esta quem precisa da análise do próprio negócio.

Sendo assim, enquanto houver negócio, independentemente do tipo ou área, existe espaço para contratação do analista!

Por isso, as principais áreas que um analista pode atuar, são:

  • Mercado financeiro;
  • E-commerce;
  • Lojas de vestuário;
  • Marketing digital;
  • Redes de alimentação;
  • Publicidade;
  • E muitas outras.

Por isso, se o que você procura é uma área versátil, que te permita atuar no ramo que desejar, saiba que essa é a ideal! 

Qual a média salarial de analista de negócios? 

Ao longo deste material pudemos ver que a área de analista de negócios é bastante ampla.

Isso porque, o profissional consegue atuar em qualquer ramo, desde que ele necessite de uma análise e administração de suas negociações.

Mas, além de saber a formação necessária e áreas possíveis de atuação, é importante falarmos sobre remuneração.

Afinal de contas, por mais ampla que uma profissão seja, é importante trazer bons resultados financeiros.

Se tratando de analista de negócios, os salários variam bastante.

Isso ocorre porque quem determina o salário é a empresa, com base em seu porte e necessidades de negociações.

Desse modo, empresas que têm bastante foco em novidades e elevação de negócio, certamente investem mais em analista de negócios.

Mas, pegando uma média geral, neste mercado o profissional ganha entre R$ 3.000,00 e R$ 6.500,00.

O salário mais baixo geralmente é pago para quem está começando na carreira.

Além disso, é importante dizer que a questão do salário variar de acordo com a empresa é real, já que na internet é possível ver propostas de até R$ 12.000,00.

Por isso, saber o quanto você vai ganhar dependerá de suas formações, e projeções profissionais!

Dicas para iniciar na área 

Depois de tudo que vimos, é possível concluir que a área de analista de negócios é muito interessante para quem gosta de inovação.

E, muito além de inovação, o profissional também deve ser apaixonado por gestão e novos desafios.

Por esta ser uma área em constante crescimento, temos cada vez mais estudantes se formando.

Com isso, o mercado vem ficando cada vez mais competitivo, e as vagas exigem mais qualificação para seleção.

Por isso, separamos algumas dicas que te ajudarão a montar um currículo certeiro para a área de analista de negócios.

Confira! 

Obtenha conhecimentos de marketing 

A área de analista de negócios não é necessariamente interligada ao marketing.

Isso porque, como já vimos, a formação principal é TI, e o profissional atua especialmente com estudo de mercado.

Mas, não dá para falarmos em administração de novas tendências e criação de projetos competitivos sem falar em marketing.

Por isso, apostar em cursos nessa área pode te ajudar a diferenciar seu currículo dos demais!

Tenha uma visão geral de mercado 

O analista de negócios deve ter uma visão bastante focada para a evolução do negócio em que atua.

Mas, por mais que seja importante focar no próprio quadrado, uma visão geral de mercado pode te ajudar.

Isso porque, ao ter uma visão geral você consegue estar sempre por dentro de novas tendências, e migrar inovações de uma área para outra.

Por isso, mantenha-se sempre atualizado, e isso te ajudará a entregar um trabalho diferenciado! 

Aposte em cursos de especialização 

E, por fim, nossa última dica talvez seja a mais importante.

Isso porque, o analista de negócios é um profissional que atua em diversas áreas ao mesmo tempo.

Com isso, formações variadas e cursos de especialização são cruciais para adquirir competências para o dia a dia profissional.

Desse modo, buscar atualizar seu currículo com frequência e com cursos variados pode te ajudar bastante.

Então, agora que já entende tudo sobre o mercado de analista de negócios, e sabe como se preparar para a área, dê andamento aos seus planos!