Empreendedorismo sustentável: o que é e como colocar em prática?

O empreendedorismo sustentável é um assunto que está em pauta há certo tempo.

Anúncios

Isso porque, o respeito à natureza vem sendo cada vez mais requisitado pela sociedade, e as empresas devem ter parte nisso.

Mas, afinal de contas, o que é empreendedorismo sustentável? Como este é aplicado na prática? Serve para qualquer negócio?

Essas são as dúvidas mais comuns acerca do tema, e poderão ser resolvidas por meio da leitura do conteúdo a seguir.

Dito isso, para conhecer tudo sobre empreendedorismo sustentável e como ele se aplica na prática, continue sua leitura! 

O que é empreendedorismo sustentável?

Quando falamos em modelo de negócio, temos uma infinidade de opções disponíveis no mercado.

Sendo assim, o mais comum é encontrarmos empresas que tenham como foco a obtenção de lucro e a conquista de espaço no mercado.

Mas, existem alguns modelos que fogem desse ideal, e o principal deles certamente é o empreendedorismo sustentável.

Isso porque, ele é um modelo de negócio que tem como prioridade a responsabilidade com o meio ambiente.

Desse modo, a atuação da empresa se dá por dois pilares principais.

O primeiro deles é a economia de recursos, que permite à empresa funcionar causando o mínimo impacto possível ao meio ambiente.

Já o segundo diz respeito às práticas de promoção de melhorias e recuperação da natureza.

Com isso, quando falamos em empreendedorismo sustentável, nos referimos a um compromisso que a empresa assume com a natureza e o meio ambiente.

Considerando que o mercado corporativo tem grande parte da responsabilidade no desperdício de recursos naturais, empresas desse modelo ajudam muito!

Empresas sustentáveis são também chamadas de empresas verdes, e são aquelas que se responsabilizam pela criação de projetos e ações que beneficiem o meio ambiente.

Vale dizer que para fazer parte dessa categoria o negócio deve ser focado nessa temática, visto que apenas algumas práticas não são o suficiente.

Isso porque, é fundamental que as práticas gerem impacto, e não sejam apenas por aparência.

Mais a frente veremos quais são as práticas fundamentais para o funcionamento do empreendedorismo sustentável.

Dicas para praticar o empreendedorismo sustentável

Esse modelo de negócios é uma opção que vem sendo cada vez mais necessária.

Afinal de contas, já passou da hora do mercado corporativo focar em reduzir impactos e trazer soluções para a recuperação do meio ambiente.

Por isso, quanto mais empresas existirem nessa temática, melhores serão os resultados.

E, diferentemente do que se acredita popularmente, as práticas do empreendedorismo sustentável não são coisas de outro mundo, e podem ser aplicadas a qualquer empresa.

Para te provar isso, a seguir veremos algumas dicas para praticar o empreendedorismo sustentável! 

Aposte na economia de recursos 

Basta pararmos para pensar por alguns minutos sobre o uso de recursos pelo mercado corporativo, e veremos o nível do impacto causado.

Vamos a algumas perguntas que auxiliam nessa reflexão.

Quantos papéis um escritório usa por dia?

Quanta água uma empresa de tinturaria gasta por dia?

Quanta energia é gasta para manter ar condicionado e elevadores funcionando em uma empresa?

Quantas árvores são necessárias para abastecer uma empresa de lápis de cor?

Quanto alimento é desperdiçado em uma empresa que produz enlatados?

Esses são só alguns exemplos, mas, a verdade é que os impactos causados pelo setor corporativo são inimagináveis.

Por isso, uma prática extremamente eficiente do empreendedorismo sustentável está justamente na economia de recursos.

Se o escritório passar a usar papel reciclado e investir em equipamentos que economizem energia, o desperdício será muito menor.

Já se a empresa de enlatado buscar soluções para os produtos menos atrativos, muita comida será recuperada.

Então, com práticas simples é possível reduzir o consumo, e economizar recursos.

A economia de recursos é um ponto muito importante para diminuir os impactos no meio ambiente.

Por isso, não importa qual seja a prática, se ela reduz consumo, certamente contribui! 

Crie projetos de apoio ao meio ambiente 

Indo além do dia a dia corporativo, o empreendedorismo sustentável também deve ter como prioridade a melhora do meio ambiente.

Isso porque, estas empresas devem se preocupar para além do seu entorno, buscando alternativas que auxiliem o planeta como um todo.

Por isso, apostar em projetos que apoiem o meio ambiente pode ser muito interessante.

Esses projetos podem incluir:

  • Recuperação de rios;
  • Combate a incêndios florestais;
  • Incentivo ao combate ao desmatamento;
  • Criação de produtos ecológicos;
  • Projetos de recuperação a animais silvestres;
  • Produção de recursos naturais, para não tirá-los do meio ambiente.
  • Dentre outras opções.

Por isso, seja qual for o investimento que promova a recuperação e preservação do meio ambiente, certamente faz parte do empreendedorismo sustentável.

Invista em soluções ecológicas para o seu negócio 

Quando falamos em empreendedorismo sustentável, essa é a prática mais comum de ser adotada.

Afinal de contas, muitas empresas investem em soluções ecológicas para o seu negócio.

Um clássico exemplo é a Faber Castell, que combate o desmatamento por ter suas próprias árvores para produção dos lápis.

Assim, as árvores da natureza não sofrem alteração para gerar recursos para a empresa.

Mas, vale dizer que as práticas não precisam ser tão grandes quanto essa.

Isso porque, qualquer solução ecológica tem enorme potencial de diminuir os impactos.

Se você investe em copos biodegradáveis para os seus funcionários, isso já diminui muito o impacto.

Ou, se você cria projetos que diminuam o consumo de água para produção do seu produto, é algo muito relevante.

Por isso, vale trabalhar em prol da criação de estratégias ecológicas para o seu empreendimento.

Assim, é possível realizar os mesmos processos de produção, sem causar todo o impacto comum! 

Trabalhe em apoio ao empreendedorismo social

E, por fim, nossa última dica fica por conta da associação do empreendedorismo sustentável com o empreendedorismo social.

Isso porque, o empreendedorismo social trabalha com base no auxílio de resolução de questões sociais.

E, o meio ambiente certamente é uma questão social muito relevante.

Logo, empresas com foco no social têm muito a acrescentar às iniciativas em prol do meio ambiente.

Por isso, fazer essa associação pode ajudar a ampliar os horizontes, e criar soluções ainda mais eficientes.

👉Empreendedorismo social: o que é exemplos

O empreendedorismo sustentável serve para todo tipo de negócio?

A esta altura você já sabe tudo sobre o empreendedorismo sustentável, e entende quais práticas são importantes para esse modelo de negócio.

Mas, uma dúvida muito comum nesta temática é sobre a aplicação do empreendedorismo sustentável.

Afinal de contas, é possível aplicar esse modelo de negócio a qualquer tipo de empresa?

Isso vale até mesmo para empresas que não tenham nenhuma relação com o meio ambiente?

Para responder a essa pergunta, é importante entendermos que o empreendedorismo sustentável pode ser entendido tanto por um conceito, quanto por modelo de negócio.

Quando falamos em modelo de negócio, nos referimos àquelas empresas que têm a sustentabilidade como foco.

Um exemplo são empresas que criam soluções e trabalham exclusivamente com iniciativas de preservação e recuperação do meio ambiente.

Já quando falamos do empreendedorismo sustentável como conceito, entendemos que este pode ser aplicado de maneira geral.

Sendo assim, até mesmo empresas de outros ramos podem aderir às práticas, e agregar este valor ao negócio.

Portanto, se a sua dúvida é se o empreendedorismo é válido para todo tipo de negócio, a resposta é sim, mas, como conceito.

Sendo assim, até mesmo empresas de outros ramos podem aplicar, e obter os benefícios do empreendedorismo sustentável e ainda agregar ao planeta.

Então, agora que já entende tudo sobre o empreendedorismo sustentável, verifique as possibilidades de aplicar as práticas no seu negócio!