Logística reversa: o que é, importância e exemplos

Você já ouviu falar em logística reversa? Esse conceito consiste em dar um novo destino aos produtos e materiais que já cumpriram sua função inicial. 

Anúncios

A esse modelo de logística não é apenas um processo, é uma filosofia, uma forma de repensar o ciclo de vida dos produtos e construir um futuro mais sustentável. 

Sua importância se manifesta em diversas áreas, impactando positivamente o meio ambiente, a economia e a sociedade na totalidade.

No texto de hoje, abordaremos mais esse tema: o que é, importância, exemplos e muito mais. 

Então, não deixe de conferir! 

    O que é logística reversa? 

    Imagine um mundo onde cada produto, após cumprir sua função inicial, embarca em uma nova jornada, ganhando um segundo ato. 

    Essa é a essência da logística reversa, um processo que transforma o descarte em oportunidade e abre caminho para um futuro mais verde e sustentável. 

    Em resumo, esse conceito consiste no processo de dar um novo destino aos produtos e materiais que já alcançaram o fim de sua vida útil. 

    Em vez de serem descartados de forma inadequada, poluindo o meio ambiente, eles são coletados, tratados e reaproveitados, criando um ciclo virtuoso.

    Como consumidor, é muito importante saber como funciona esse processo para identificar quais são as empresas que o utilizam.

    Sem dúvidas, consumir as empresas que usam a logística reversa é uma forma de contribuir com a preservação do meio ambiente também. 

    Atualmente existem algumas empresas conhecidas que praticam algumas dessas ações, como, por exemplo, a Natura. 

    Ela recicla 50% dos plásticos que utiliza em suas embalagens, além disso, também criou o programa Eco Folha. 

    Nele, há uma coleta e reciclagem das embalagens dos seus produtos, transformando-os em novas embalagens ou novo produtos. 

    Mais adiante daremos mais exemplos desse conceito. Para continuar entendendo o que é e como funciona esse modelo de logística, prossiga com a leitura. 

    + Descubra a importância da Gestão sustentável e sustentabilidade nas organizações

    Qual importância da logística reversa? 

    O que é e como funciona a logística reversa

    Esse modelo de logística se torna relevante por diversas razões, mas vamos destacar algumas neste tópico. 

    Em primeiro lugar, queremos citar a sustentabilidade ambiental, uma vez que a logística reversa contribui para a preservação do meio ambiente, reduzindo a quantidade de resíduos descartados inadequadamente.

    Ela também é importante, pois estimula a economia de recursos naturais. 

    Essa ação acontece quando as empresas reaproveitam materiais, evitamos assim a extração excessiva de recursos naturais, como minerais e petróleo.

    A logística reversa também atende à legislação. 

    A PNRS, ou seja, Política Nacional de Resíduos Sólidos, no Brasil estabelece diretrizes para a gestão integrada e o gerenciamento adequado dos resíduos, incluído essa logística.  

    Além disso, ela ajuda a impulsionar a economia, pois pode gerar novos negócios, reduz custo com descartes e gera emprego.

    Também não poderíamos de citar a sua importância em promover a responsabilidade social. 

    Isso porque, as empresas envolvidas nessa iniciativa assumem um papel ativo na sustentabilidade e no bem-estar da sociedade. 

    Principais tipos

    Como uma orquestra complexa se divide em diferentes tipos, cada um com sua melodia e ritmos próprios, assim também acontece com a logística reversa. 

    A Logística Reversa Pós-Consumo é a estrela do show e o tipo mais comum. Ela está presente em embalagens, eletrônicos a até mesmo óleos lubrificantes. 

    Nesse cenário, os produtos já consumidos ou vencidos são devolvidos ao fabricante. Um exemplo claro é o reaproveitamento de pneus em processos como a fabricação de asfalto.

    Pode haver também uma responsabilidade compartilhada, dado que, empresas, consumidores e governo se unem para garantir o descarte correto e a destinação final adequada. 

    A Logística Reversa Pós-Venda acontece quando há um retorno inesperado, por exemplo, quando o consumidor devolve o produto ou o produto está com defeito. 

    Nesse caso, é importante adotar soluções sob medida, que podem incluir reparo, reuso ou descarte correto, cada produto segue um caminho específico.

    Em consequência disso, as empresas economizam e evitam acúmulo de produtos inutilizáveis. 

    Além disso, há uma melhoria da qualidade, isso porque, uma análise minuciosa dos produtos devolvidos ajuda identificar falhas e aprimorar a produção. 

    O terceiro tipo de logística que gostaríamos de destacar neste tópico é de Pós-Uso Industrial. 

    Resumindo, consiste em restos de materiais e subprodutos da produção industrial que se transformam em novos recursos.

    Esses materiais podem ter diversas origens e podem ser transformar em material para reciclagem, reuso ou valorização energética, por exemplo. 

    Neste tópico destacamos com mais detalhes apenas 3 modelos, embora sejam os mais comuns, não são os únicos. 

    Ainda encontramos os seguintes tipos de logística reversa:

    • Embalagens;
    • Pilhas e baterias;
    • Pneus;
    • Óleo lubrificante;
    • Agrotóxicos e suas embalagens.

    Mais exemplos de empresas que praticam a logística reversa

    No primeiro tópico você encontrou um exemplo de uma empresa que pratica a logística reversa, a Natura. 

    Como prometido, citamos mais alguns exemplos neste tópico. 

    A Ambev, por exemplo, uma das maiores fabricantes de cervejas do mundo, tem o Programa Recicla Lata. 

    Nele, as latas de alumínios são coletadas e recicladas, transformando-as em novas latas. 

    Além disso, ela investe em campanhas de conscientização para incentivar a reciclagem. 

    A Unilever também coleta e recicla embalagens dos seus produtos, e investe em inovação para desenvolver embalagens mais sustentáveis. 

    Outras empresas que se destacam com ações de logística reversa são a Coca-Cola, Mercado Livre, Gerdau e Magazine Luiza

    Conclusão

    Neste texto você descobriu o que é, como funciona, e outros detalhes da logística reversa. 

    No entanto, não é só aprender, você deve se envolver também. 

    Umas das formas de se envolver é ser um consumidor consciente. Descarte seus produtos corretamente e opte por marcas que adotam práticas sustentáveis. 

    Inclusive, apoiar empresas que praticam a logística reversa, além das ações, seus produtos e embalagens podem vir com um selo verde. 

    Por fim, informa-se sobre os programas desse tipo de logística na sua região e incentive outras pessoas a se envolver com essa iniciativa. 

    + Seja um entregador do Mercado Livre e ganhe até R$240,00 por dia