O que é dependência na faculdade?

O que é dependência na faculdade é uma pergunta que preocupa a praticamente todos os calouros.

Anúncios

Isso porque, a possibilidade de reprovar em uma matéria aflige bastante.

Mas, afinal de contas, o que é dependência? Quais as consequências disso? Como é possível resolver essa situação?

Todas essas perguntas poderão ser respondidas ao longo do conteúdo a seguir, onde você verá tudo sobre o tema.

Então, se deseja entender mais sobre a dependência na faculdade, suas consequências e muito mais, basta continuar sua leitura! 

O que é dependência na faculdade?

A aprovação no vestibular é um momento único na vida de todos os estudantes.

APROVEITE e saiba sobre os cursos em alta no momento

Afinal de contas, esta marca o ingresso do aluno no ensino superior, que é bem diferente do ensino médio.

Matérias novas, ambiente diferente e a possibilidade de estudar algo que agrada, são coisas que animam muito.

Mas, passada a euforia inicial e chegada a época das provas, tem um assunto que ganha notoriedade, que é a dependência.

Em geral, esse assunto surge logo após a entrega das notas, quando o professor avisa que aqueles que não obtiverem pontuação mínima, ficarão em dependência.

Mas, afinal de contas, o que é dependência na faculdade?

Quando falamos em dependência, nos referimos à situação em que o aluno não obteve a pontuação mínima necessária para ser aprovado na matéria.

Desse modo, mesmo após as provas e o exame final, a nota ainda não é suficiente.

Com isso, não é possível que o mesmo seja aprovado na matéria, a qual passa a constar como dependência.

Assim, o aluno passa para o próximo semestre, mas, com aquela matéria em que reprovou como dependência.

Nessas circunstâncias, o aluno recebe a responsabilidade de fazer novamente a matéria, e assim tentar obter a pontuação para aprovação.

Essa matéria pendente será cursada como uma matéria extra no semestre, e terá prova, como todas as outras.

Então, o motivo para muitos temerem a dependência na faculdade é justamente a possibilidade de ficar preso por mais de um semestre em uma matéria.

E, vale dizer que o fato de cursar novamente a matéria em dependência não garante a aprovação.

Isso porque, enquanto não obtiver nota para aprovação, a mesma seguirá nessa situação.

Por isso, tão importante quanto evitar a dependência, é se livrar dela o quanto antes através de boas notas! 

Consequências da dependência na faculdade 

No tópico anterior te demos uma explicação geral a respeito do significado de dependência.

Desse modo, agora você certamente já sabe o que é dependência na faculdade.

Após esse entendimento, a maioria dos estudantes passa a ter medo de cair nessa situação.

Já alguns não vêem tantos prejuízos, afinal de contas, não é só cursar a matéria de novo?

De fato, essa visão pode até fazer sentido de primeira, mas, existem consequências mais sérias quando falamos em dependência.

Por isso, separamos as principais consequências que podem surgir com a dependência.

O intuito dessas informações é orientar, para que os alunos compreendam a importância de evitar essa situação e não deixar matérias para depois.

Além disso, é importante destacar que regras variam de acordo com a instituição de ensino, então, vale consultar as regras da sua universidade sobre o assunto! 

Acúmulo de matéria 

Há quem pense que uma matéria a mais, ou uma matéria a menos não faz tanta diferença.

E, essa visão até pode fazer sentido quando você está no começo da faculdade, e ainda não tem um número alto de matérias.

Desse modo, cumprir uma matéria em dependência na faculdade pode não ser encarado como um baita problema.

Mas, lembre-se que se tratando de estudos, acúmulo nunca é bom, já que sobrecarrega e atrapalha o desempenho.

E, é fato que uma matéria a mais certamente contribui para o acúmulo.

Ainda mais quando consideramos que 1 ou 2 matérias em dependência em um semestre podem acrescentar bastante aos próximos.

Por isso, se deseja evitar o acúmulo de matéria e a sobrecarga, é ideal correr da dependência na faculdade!

Necessidade de pagar a matéria em dependência 

Se até o momento você não havia enxergado motivos significativos para evitar a dependência na faculdade, isso certamente vai chamar sua atenção.

Isso porque, muitos estudantes não sabem, mas, a matéria que fica em dependência é cobrada à parte.

Isso significa que mesmo pagando a mensalidade, é preciso pagar uma taxa para cursar novamente a matéria.

Essa taxa costuma ser referente a uma determinada porcentagem da mensalidade e é cobrada por matéria em dependência.

Por isso, além de precisar estudar o dobro do que o normal, você também precisará desembolsar um valor a mais para colocar a matéria em dia.

Vale dizer que essa informação pode variar de acordo com a universidade, mas, é uma ocorrência bastante comum.

Atraso em estágios 

Em alguns cursos, o fato de ter matéria em dependência na faculdade impede a realização de estágios.

Isso porque, ao ter uma matéria em aberto, considera-se que você não cumpriu o cronograma necessário para obter o conhecimento para o estágio.

Por isso, em alguns casos a universidade pode barrar o seu estágio caso você tenha matérias em dependência.

Nesse caso, enquanto você não cumprir com a matéria, não poderá passar para a próxima fase.

Essa situação varia de acordo com o curso, universidade e tipo de estágio.

Mas, se você deseja evitar problemas, é importante manter a dependência na faculdade longe do seu semestre!

Possibilidade de perda de bolsa e descontos 

E, por fim, a última consequência relacionada à dependência na faculdade está na possibilidade de perder bolsas e descontos.

Especialmente quando falamos no ProUni, já que para que o estudante mantenha a sua bolsa, é requerido aproveitamento mínimo.

Isso significa que o aluno precisa obter boas notas, e evitar dependências.

Desse modo, por regra, o aluno não pode ter mais do que 25% das matérias em dependência.

Isso significa que caso você tenha 10 matérias no semestre, pode ter apenas 2 em dependência.

Essas são as regras para o ProUni, mas, a dependência também pode interferir em outros tipos de bolsas de estudo e descontos.

Por isso, para evitar perdas é importante se esforçar para não deixar matérias em dependência! 

Como resolver a dependência na faculdade?

A esta altura você já sabe quais são as principais consequências observadas na dependência na faculdade.

E, certamente sabe que o melhor a fazer é se esforçar ao máximo durante o semestre para evitar esse tipo de pendência.

Mas, sabemos que nem sempre isso é possível, já que dificuldades são comuns, e podem afetar o desempenho.

Por isso, veremos agora como é possível resolver a dependência na faculdade.

A primeira coisa a se fazer é se informar a respeito das regras para dependência na sua faculdade.

Com as regras esclarecidas, você deve decidir quando deseja refazer a matéria pendente.

Isso porque, na maior parte das universidades, o aluno não precisa fazer a matéria logo no próximo semestre.

Mas, se esta for sua opção, basta realizar a aprovação para inclusão da matéria no próximo semestre.

Isso provavelmente gerará alteração na sua mensalidade, referente aos custos para refazer as aulas e provas.

Com tudo concluído, a partir desse momento essa matéria será cursada como todas as demais do semestre.

Portanto, você precisará participar das aulas e das provas, incluindo o exame final, se for necessário.

Ao final do semestre, se conseguir a pontuação necessária, você será aprovado e deixará a dependência para trás.

Mas, se ainda não conseguir, a matéria permanecerá em dependência, e será preciso fazer tudo novamente.

Então, vimos que resolver a dependência na faculdade não é tão difícil, mas, exige esforço e comprometimento!