Trabalhei 6 meses tenho direito a quantas parcelas do seguro desemprego?

Após uma demissão sem justa causa com certeza gera a dúvida: Se trabalhei 6 meses tenho direito a quantas parcelas do seguro desemprego?

Anúncios

Afinal de contas, todo colaborador que trabalhou de carteira assinada durante um determinado período tem o direito de receber o benefício.

Mas você sabe quanto tempo de trabalho precisa ter e quantas parcelas do seguro desemprego você tem para receber por 6 meses de trabalho, por exemplo?

Sendo assim, continue a leitura e descubra tudo sobre como você deve fazer para solicitar seu benefício e a quantas parcelas você terá direito de receber pelo tempo trabalhado.

O que é seguro desemprego?

O seguro desemprego é um benefício fornecido pelo governo a trabalhadores demitidos sem justa causa.

Esse benefício tem como objetivo garantir uma renda temporária para auxiliar o trabalhador enquanto busca uma nova oportunidade de emprego.

E o seguro desemprego também é válido para rescisão indireta, que é quando o colaborador “demite” o patrão por conta do não cumprimento dos termos do contrato de trabalho.

No entanto, nem todo trabalhador que é demitido sem justa causa tem direito de receber o seguro desemprego.

Pois existe um tempo mínimo exigido que você precisará ter de serviço prestado a empresa para que você tenha direito as parcelas do seguro desemprego.

Quem pode receber?

Mesmo que um dos principais critérios exigidos para receber o seguro desemprego seja ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 6 meses, isso não é o suficiente.

Se você trabalhou 6 meses terá direito a parcelas do seguro desemprego, no entanto, precisará se enquadrar em alguns requisitos.

Saiba quais são:

  • Ter sido dispensado sem justa causa ou por rescisão indireta;
  • Você deverá estar desempregado quando solicitar o benefício;
  • No caso da primeira solicitação, ter trabalhado pelo menos um ano nos últimos 18 meses;
  • E no caso da segunda solicitação, você precisará ter trabalhado por pelo menos 9 meses no último ano;
  • Ter trabalhado com carteira assinada nos últimos 6 meses, isso vale para a terceira solicitação;
  • Não possuir renda própria para seu sustento e da família;
  • Não estar recebendo nenhum tipo de benefício de prestação continuada da previdência social, salvo pensão por morte e auxílio acidente.

Com quanto tempo posso solicitar meu seguro?

Em resumo, dos requisitos que citamos acima ficou claro que para receber o seguro desemprego você precisará ter um certo tempo trabalhado.

Ou seja, no primeiro pedido você precisará ter pelo menos 12 meses de carteira assinada.

Já no segundo pedido de seguro desemprego, o tempo de carteira assinada diminui para 9 meses.

E na terceira solicitação em diante esse número cai para 6 meses de trabalho com carteira assinada.

No entanto, fique atento ao tempo exigido entre um pedido e outro, que é de pelo menos 16 meses.  

Trabalhei 6 meses, tenho direito a quantas parcelas do seguro desemprego?

Mas a pergunta principal hoje é quantas parcelas do seguro desemprego você terá direito de receber por trabalhar durante 6 meses?

Então fique atento, pois no caso de você se enquadrar nos requisitos que já citamos, poderá receber a seguinte quantidade de parcelas.

  • 6 meses de trabalho: você terá direito a 3 parcelas do seguro desemprego;
  • 12 meses de trabalho: você terá direito a 4 parcelas do seguro desemprego;
  • 24 meses trabalhados: você terá direito a 5 parcelas do seguro desemprego.

Como solicitar o seguro desemprego?

Como hoje em dia tudo é feito de maneira online e sem muita burocracia, então fique sabendo que solicitar seu seguro desemprego não é diferente.

Já que você pode fazer isso através do seu aplicativo da Carteira de Trabalho Digital pelo Google Play ou AppStore.

É só seguir o passo a passo que fizemos para te ajudar:

  • Entre no app Carteira de Trabalho Digital;
  • Em seguida você precisará colocar seu CPF e a Senha cadastrados no Gov.br;
  • Busque no canto inferior direito da tela a opção “Benefícios” e clique;
  • Na área seguro desemprego clique na opção “Solicitar”;
  • Em seguida você precisará ter em mãos o número do seu requerimento de Seguro Desemprego, ele é fornecido pelo RH da empresa;
  • Digite o número do requerimento e clique em “Próximo”;
  • Depois disso você terá acesso as informações da empresa durante seu período de trabalho e dados pessoais, confira tudo;
  • Será solicitado também que você inclua os dados bancários da conta por onde pretende receber seu seguro;
  • Em seguida leia e concorde com os termos de uso para a solicitação do seguro desemprego.

E por fim, após a sua solicitação o prazo para retorno é de 30 dias após o início de protocolo.

E o pagamento da primeira parcela do seguro desemprego é efetuado nesse mesmo período.

Você poderá consultar os prazos e pagamento através do próprio aplicativo.

Quais as regras para manter o seguro desemprego?

 O benefício só pode ser mantido durante o período em que o trabalhador que sem trabalhar, ou seja, sem ultrapassar o tempo das parcelas estabelecidas referente ao tempo de trabalho.

Sendo assim, para que você não perca o seguro desemprego antes do tempo que foi concedido fique atento a algumas regras.

O não cumprimento pode levar ao cancelamento do seu seguro desemprego.

  • Passar falsas informações, como por exemplo, nome e CPF ou outros dados que possam levar a conseguir o benefício de maneira fraudulenta;
  • Fraudar a rescisão contratual ao que se refere o período;
  • Receber outra remuneração com vínculo empregatício formal ou informal enquanto estiver recebendo o seguro desemprego;
  • Começar a receber benefícios previdenciários, salvo auxílio acidente e pensão por morte;
  • Ser admitido em um novo emprego.

Quando você é admitido em um novo emprego durante o período em que está recebendo o seguro desemprego, ele é cancelado automaticamente.

Portanto, agora que você já sabe quantas parcelas do seguro desemprego terá direito, não deixe de conferir nossa matéria sobre rescisão para que você saiba exatamente tudo o que irá receber.

Trends