Quanto ganha um agrônomo? Descubra aqui

Antes de saber quanto ganha um agrônomo vamos te mostrar tudo sobre a profissão que mais desperta interesse de trabalhadores do campo.

Anúncios

O agronegócio é um dos pilares mais fortes da economia do país e oferece inúmeras opções de carreira, com ótimas oportunidades salariais e desenvolvimento profissional.

Desta maneira, saber quanto ganha um agrônomo é um fator a ser considerado de acordo com a área de graduação escolhida.

Sendo assim, aprenda todos os detalhes e atribuições da profissão que vai muito além da criação de animais e cultivo de alimentos.

quanto ganha um agrônomo

O que é agronomia?

A agronomia é a ciência que visa aumentar a compreensão da agropecuária e busca melhorias nas práticas agrícolas e zootécnicas.

Contudo, o setor emprega técnicas para melhorar a produtividade e qualidade de rebanhos, lavouras e produtos agroindustriais em geral.

O que faz um agrônomo?

O profissional agrônomo atua em diversas etapas e segmentos do agronegócio.

Sendo assim, o profissional cuida do planejamento, manutenção e toda a organização dos processos agrícolas.

Isso tudo com o objetivo de melhorar a produtividade e qualidade das plantações e rebanhos, aplicando técnicas de combate a pragas, colheita, armazenamento e comercialização.

Então podemos ver que de fato, o agrônomo vai muito além de um profissional que apenas cuida do campo e traz grande importância para a economia Brasileira.

Quais áreas de atuação do agrônomo?

Caso você esteja interessado em ingressar na área de agronomia, saiba que a profissão oferece uma gama de oportunidades de trabalho.

Sendo assim, o agrônomo pode atuar como consultor, fiscal, representante comercial, professor, pesquisador, laboratorialista, entre outros.

Entretanto, em meio a essas possibilidades existem variações nos valores de quanto ganha um agrônomo.

Já que isso dependerá das atribuições escolhidas pelo profissional dentro da área da agronomia.

Então para te ajudar a saber mais sobre a profissão e quanto ganha um agrônomo, listaremos as atribuições no âmbito das competências escolhidas pelo profissional:

  • Gestão, supervisão, coordenação e orientação técnica;
  • Coleta de dados, estudo e planejamento de projetos específicos;
  • Estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental;
  • Assessoria, consultoria e assistência;
  • Direção de obra;
  • Serviço técnico;
  • Vistoria, perícia, avaliação e monitoramento;
  • Auditoria, laudo, parecer técnico;
  • Desempenho de cargo ou função técnica;
  • Treinamento, ensino, pesquisa, análise, desenvolvimento, ensaio, divulgação técnica;
  • Padronização, mensuração e controle de qualidade;
  • Elaboração de orçamento;
  • Condução e execução de serviço técnico;
  • Produção técnica e especializada;
  • Operação, manutenção de equipamentos;
  • Execução de desenho técnico, entre outros.

Quais as áreas de atuação do agrônomo?

Para se tornar um agrônomo será necessário cursar uma graduação de engenharia agronômica ou agronomia, após a conclusão será necessário se registrar no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do seu estado.

Sendo assim, depois de formado você poderá optar por algumas profissionalizações que poderão auxiliar a entrar mais rápido no mercado de trabalho.

E desta maneira já poderá ganhar como um agrônomo.

Algumas dessas profissionalizações incluem:

  • Agroindústria;
  • Silvicultura;
  • Agroecologia;
  • Agronegócio;
  • Zootecnia;
  • Entre outros.

Quanto ganha um agrônomo?

Levando em consideração regiões diferentes, especificações do cargo e especialização, o agrônomo pode iniciar ganhando em média R$ 3.113,00 e chegar a ganhar R$ 7.447,00.

Sendo assim, um agrônomo ganha em média R$ 4.980,00.

No entanto, vale lembrar que essa base salarial pode alterar de acordo com região, área de atuação, entre outras possibilidades.

Em quais áreas o agrônomo pode atuar?

Como já citamos, a área de agronomia é muito ampla e traz inúmeras possibilidades de atuação.

Desta maneira, de acordo com sua área de atuação, o agrônomo poderá atuar nos setores públicos e privados, área acadêmica e até mesmo como autônomo.

  • Iniciativa privada

No setor privado, o agrônomo trabalha diretamente para indústrias agropecuárias.

sendo assim, o profissional estará diretamente ligado à fabricação, armazenamento e distribuição de produtos.

Tendo como objetivo prezar pela qualidade e aumento da produtividade.

  • Setor público

No setor público o agrônomo pode trabalhar em instituições do governo, podendo ter como ingresso concursos públicos, por exemplo.

Desta maneira o profissional pode trabalhar em setores como ministério da agricultura, ONGs (Organizações não Governamentais), secretarias municipais e estaduais, áreas de fiscalização ou em cooperativas.

  • Setor acadêmico

O setor acadêmico é uma ótima opção para o profissional agrônomo que busca compartilhar seus aprendizados.

Desta maneira o profissional pode atuar como professor universitário ou até mesmo como pesquisador.

No entanto, esta área de atuação exigirá determinadas especializações.

  • Trabalho autônomo

Embora a carreira de agrônomo apresente várias possibilidades e campos de atuação em setores públicos, privados e acadêmicos, ela também oferece possibilidade para profissionais que buscam ter um negócio próprio.

Então uma das opções que os profissionais mais buscam nesse segmento é o trabalho de consultoria.

Embora seja uma profissão de extrema importância, principalmente para a economia do país, existe um baixo número de pessoas realmente especializadas nessa área.

Sendo assim, o consultor agrônomo se torna um profissional de grande importância para as empresas.

Freelancer o que é? Aprenda agora e veja como entrar na carreira Leia também!

Dicas de como melhorar o salário

Estar em constante desenvolvimento não é nenhuma novidade para aumentar quanto ganha um agrônomo ou qualquer outro profissional.

Mas existem algumas outras dicas que podem te ajudar e muito a crescer na carreira de agrônomo e melhorar as perspectivas de salário.

Sendo assim, descubra quais são:

  • Esteja inteirado sobre todas as inovações do mercado

A tecnologia vive em constante evolução em todos os setores, e na agronomia não seria diferente.

Por isso, busque tudo relacionado a inovações tecnologias que possam proporcionar um melhor desenvolvimento do seu trabalho.

Sendo assim, busque, conheça e incorpore novas técnicas ao seu dia a dia.

  • Amplie seus conhecimentos

Tornaremos a falar aqui sobre a gama de possibilidades que a agronomia proporciona ao profissional.

Sendo assim, quanto mais segmentos você conhecer mais completo será seu currículo.

Por isso, busque fazer mais de uma especialização, participe de oficinas, palestras e cursos.

  • Desenvolva habilidade e competências

Conhecer a área de atuação é de extrema importância para o agrônomo, no entanto, vale também diversificar seus conhecimentos e desenvolver habilidades.

Como por exemplo, o trabalho em equipe, liderança, comunicação não violenta, proatividade, empatia, solução de problemas, entre outras.

Resumo profissional pronto Leia também!

Conclusão:

O setor agropecuário vive em constante crescimento e busca cada vez mais por profissionais competentes e qualificados.

Sendo assim, caso você tenha se identificado com a profissão e já sabe quanto ganha um agrônomo, pesquise a fundo sobre o curso e não deixe de desenvolver suas habilidades.