Quanto um médico ganha e qual o piso salarial?

Quanto um médico ganha é uma pergunta que praticamente todos já se fizeram ao entrar num consultório e se admirar com o respeito atribuído ao jaleco branco.

Anúncios

Isso porque, é fato que a medicina é uma carreira de grande prestígio no Brasil.

Mas, quanto à remuneração? Também garante essa valorização? A profissão tem piso salarial? Qual a formação necessária para ser um médico?

Todas essas questões serão tratadas ao longo dos tópicos a seguir.

Então, se deseja saber todos os aspectos financeiros da profissão, basta continuar sua leitura! 

    Quanto um médico ganha e qual o piso salarial?

    Médico: um dos profissionais mais respeitados do Brasil 

    Existem algumas profissões no Brasil que recebem um carinho especial da população.

    Em geral, essas profissões são tratadas com muito respeito, o que garante prestígio aos profissionais.

    A medicina certamente faz parte desse grupo de profissões, visto que a área é bastante valorizada no país.

    Com isso, basta que alguém diga que é médico, e o tratamento já muda, assim como os olhares, que passam a ser de admiração.

    O motivo para tamanho respeito está inicialmente na atuação, visto que os médicos salvam vidas diariamente.

    Mas, além disso, para se tornar médico é preciso estudar muito, pois a formação requer de 6 a 8 anos de estudo.

    Até aí, estamos falando apenas da graduação, visto que se formos considerar pós-graduação, especialização, residência e tantas outras questões, os anos aumentam.

    Por isso, se formar como médico é uma verdadeira vitória, e requer muito comprometimento do estudante.

    Assim, aqueles que se formam e adentram a profissão recebem o prestígio merecido, visto que estão aptos a cuidar e salvar vidas.

    Mas, e quanto à remuneração? Ela acompanha essa valorização? Quanto ganha um médico?

    Veremos em breve! 

    Qual a graduação necessária para se tornar um médico?

    Antes de respondermos a pergunta sobre quanto ganha um médico, vamos a uma explicação acerca da formação.

    Já te adiantamos que a formação em medicina requer alguns anos a mais do que a média.

    Isso porque, enquanto a maior parte das graduações dura de 4 a 5 anos, a medicina requer de 6 a 8 anos.

    O motivo para isso é porque a profissão é bastante complexa, de modo que o estudante precisa passar por diversas áreas, a fim de adquirir conhecimento suficiente para os atendimentos na carreira.

    Afinal de contas, um bom cardiologista também precisa entender sobre a parte psicológica ou o sistema nervoso.

    Mas, afinal de contas, qual a formação necessária para se tornar um médico?

    Para se formar na área da medicina, o estudante deve ingressar no curso de ensino superior em medicina.

    Esse curso é oferecido por universidades ou faculdades especializadas.

    Isso porque, como já mencionamos, o curso é bastante complexo e requer infraestrutura adequada.

    Mas, a formação básica é através da graduação em medicina, que pode ser complementada com residência, especialização, e tantos outros estudos pós-formação.

    Vale dizer que os vestibulares de medicina costumam ser bastante concorridos, e as mensalidades também são bem mais altas do que as aplicadas aos demais cursos.

    Quanto um médico ganha? 

    A esta altura você já entende um pouco sobre a importância e formação de um médico.

    Com isso, podemos finalmente partir para a resposta da nossa pergunta central " quanto ganha um médico?".

    Vale dizer que não existe uma resposta exata para essa pergunta, visto que a medicina é uma das profissões que não possui piso salarial.

    Sendo assim, fica complicado definir com exatidão o valor que um profissional da área costuma ganhar.

    Mas, podemos adiantar que os valores pagos dependem de alguns critérios, que são responsáveis pela enorme variação do mercado.

    Isso porque, um médico pode ganhar de R$ 4.000,00 a R$ 19.000,00.

    Isso varia de acordo com os seguintes critérios:

    • Atendimento público ou privado;
    • Especialização;
    • Tempo de carreira;
    • Jornada semanal.

    Isso significa que um médico com 15 anos de carreira certamente ganhará mais que um profissional iniciante.

    Assim como, áreas distintas recebem salários distintos, de modo que um dermatologista não tem o mesmo salário de um endocrinologista.

    Por fim, os salários também costumam variar de acordo com a jornada semanal do profissional.

    Temos médicos que atendem 20 horas por semana, enquanto outros ultrapassam as 40 horas.

    Vale dizer que médicos que atendem por consulta também não têm os mesmos ganhos de médicos que atuam por salário.

    Mas, embora a profissão não tenha piso salarial, o Conselho Nacional de Medicina estabelece algumas recomendações que norteiam os valores pagos.

    Em geral, estas determinam valores por consulta, assim como as jornadas semanais de trabalho.

    Então, por mais que não tenhamos uma resposta exata, isso nos ajuda a entender sobre valores mínimos e máximos que a profissão recebe.

    Quanto um médico ganha: em quais áreas dá para atuar?

    Através do tópico anterior pudemos compreender que não é tão simples determinar quanto ganha um médico.

    Isso porque, a remuneração recebida é definida com base em alguns critérios, os quais descrevemos anteriormente.

    E, vimos que um desses critérios é a área de atuação do profissional.

    Isso porque, devemos concordar que a medicina é uma área muito ampla, que requer uma gama relevante de áreas para atender todas as demandas de saúde.

    Mas, afinal de contas, em quais áreas um médico pode atuar?

    Para responder a essa pergunta, devemos considerar que o Conselho Nacional de Medicina é responsável por estabelecer as especialidades válidas no país.

    Isso significa que existem áreas específicas definidas que um médico pode atuar.

    Dentre as mais comuns, podemos destacar:

    • Cardiologia;
    • Dermatologia;
    • Ortopedia;
    • Nutrologia;
    • Endocrinologia;
    • Geriatria;
    • Pediatria;
    • Ginecologia/obstetrícia;
    • Fisiatria;
    • Psiquiatria;
    • Oftalmologia;
    • Cirurgias;
    • Neurologia;
    • Entre outras.

    Como pudemos ver, são muitas áreas, e cada uma delas requer formações específicas e paga salários distintos.

    Por isso, se deseja saber em detalhes quanto um médico ganha, vale se aprofundar sobre alguma das áreas.

    Além da área em si, a forma que o profissional atua também determina seus ganhos.

    Isso porque, dentro da medicina é possível empreender, seja com consultas particulares, ou tendo uma clínica.

    Então, o céu é o limite para quem escolhe essa área, visto que com muito estudo é possível chegar em níveis altos e receber remunerações compatíveis! 

    Quanto custa uma faculdade de medicina particular?