Redação para entrevista: 7 dicas para se dar bem

Anúncios

A redação para entrevista é uma das etapas mais importantes de um processo seletivo e tem caráter eliminatório. Leia o texto e descubra como ter sucesso nessa fase!

Redacao-para-entrevista-

A redação é uma etapa muito importante no processo seletivo, inclusive, ela é usada pelas maiores empresas nos seus processos seletivos para ajudar a selecionar os melhores talentos.

No texto de hoje, você encontrará 7 dicas importantes para te ajudar a passar na redação para entrevista com êxito. Não deixe de conferir!

Veja abaixo o índice desse post:

  • Qual o objetivo da redação para entrevista?
  • 1. Escolha o tema apropriado;
  • 2. Seja simples e direto;
  • 3. Leia;
  • 4. Pratique a escrita;
  • 5. Leia a redação em um tom que consiga escutar;
  • 6. Divida o texto em três partes;
  • 7. Faça um rascunho antes de começar;
  • Conclusão.

Qual objetivo da redação para entrevista?

A importância da redação para entrevista e objetivo pode variar conforme muitos fatores, por exemplo, empresa, cargo disputado e área.

No entanto, ela serve para a empresa avaliar diferentes pontos, por exemplo, a capacidade que o candidato tem de se expressar escrevendo.

Além disso, a empresa também avalia a sua habilidade de organizar as ideias e compreensão do que foi solicitado.

Um exemplo, se a empresa pediu para escrever sobre carros e você escreve sobre um assunto totalmente diferente, isso diz muito ao seu respeito, como, que você tem dificuldade de atender comandos, é distraído, etc.

Dependendo da função da vaga que você está se candidatando, só pela sua redação a empresa conseguirá perceber se é ou não apto para ser selecionado.

Fora isso, a redação ainda serve para avaliar o nível de conhecimento que o candidato tem da língua portuguesa e suas regras.

Mesmo que a vaga não seja para ocupar um alto cargo, podem existir algumas atividades na função que exijam que o profissional compreenda o mínimo do português e consiga escrever de forma legível, por exemplo, preenchimento de fichas de controle de produção.

A sua desenvoltura em uma redação para entrevista pode te ajudar a ser selecionado para a vaga, mesmo que você não tenha experiência na função. Portanto, é importante saber fazer uma corretamente.

Continue a leitura e encontre 7 dicas que te ajudarão a fazer uma boa redação e a aumentar suas chances de conquistar a oportunidade dos sonhos!

1. Na redação para entrevista escolha o tema apropriado

Em muitos casos, é comum que o tema seja livre, isto é, de escolha do candidato. Nesse caso, planeje o tema que irá escrever para não perder tempo na entrevista.

É muito importante que você escolha um tema que domine, mas que seja atual, interessante e onde você consiga organizar bem suas ideias e mostrar suas qualidades.

Fora isso, não fuja muito do contexto da situação, escolha algum tema relacionado a carreira, segmento da empresa ou até mesmo desempenho do setor em que atua.

Evite assuntos polêmicos e que costumam gerar conflitos de opiniões com facilidade, por exemplo, religião, política e futebol.

Todavia, também é indispensável evitar falar sobre assuntos que possam ser mal interpretados e que você encontre dificuldades de se expressar ou manter a imparcialidade, por exemplo, legalização da maconha, ter ou não filhos, etc.

Se por acaso cair temas desse modelo na redação, pense antes de escrever e tenha jogo de cintura para ser imparcial, em uma situação como essa, é o melhor caminho a seguir.

Vale lembrar que isso não é uma regra, pode haver exceções dependendo do cargo ou empresa que pretende trabalhar, contudo, você precisa estar atento para saber como agir em cada situação.

2. Seja simples e direto

Lembre-se, menos é mais! Logo, você deve aplicar essa regra na sua redação para entrevista também.

A melhor maneira de fazer isso é mantendo sempre o equilíbrio na escrita. Evite termos e palavras muito complicadas. 

Opte sempre pelas palavras mais simples, de fácil escrita e compreensão. Certamente, estará nervoso e ansioso, portanto, demandar energia para arriscar escrever palavras difíceis e uma linguagem mais complicada pode te prejudicar.

Portanto, mantenha o equilíbrio na linguagem, não precisa escrever um texto acadêmico, mas também não muito informal. Mantenha sempre o profissionalismo.

Seja simples, objetivo e direto, assim, não compromete o entendimento do leitor.

3. Redação para entrevista: Leia 

Uma das melhores maneiras de aprender a escrever uma boa redação é lendo. A leitura traz muitos benefícios para o nosso cérebro, sendo muito importante a prática para quem deseja passar por qualquer processo seletivo.

Com o hábito de leitura você treina seu cérebro e o estimula a manter o foco e a concentração em momentos como esse.

Uma pessoa que tem o costume de separar horários para leitura durante o dia não terá problema algum em realizar uma prova que necessite de concentração e foco.

Fora isso, ao ler você aumenta seu vocabulário, conhece melhor as palavras, seus significados e também como usá-las no momento exato.

4. Pratique a escrita

Dedique um tempo especial para ler e também praticar a escrita. Isso te ajudará a memorizar palavras, regras gramaticais e também a desenvolver sua escrita.

Se possível, faça um modelo de redação para entrevista por dia até a data do processo seletivo, certamente, isso te ajudará muito a se dar bem!

5. Redação para entrevista: leia a redação em um tom que consiga escutar

Imagine que você é o recrutador e leia a sua redação o mais alto que conseguir, sem que alguém perceba ou atrapalhe os outros candidatos.

Dessa forma, ao escutar o que você escreveu, saberá o que teve dificuldade de ler e entender, assim poderá efetuar as alterações necessárias antes de entregar.

6. Divida o texto em três partes na redação para entrevista

As redações de dissertação devem seguir um padrão: ideia, argumentação e conclusão. Memorize essas três etapas e divida seu texto.

Use a introdução para apresentar o assunto, você pode, por exemplo, pontuar o que irá defender ao decorrer do texto, algo como uma prévia.

A segunda fase é a argumentação, essa etapa demanda mais tempo. Exponha sua compreensão sobre o assunto, ideias, argumentos é porque você pensa dessa forma.

É sempre bom citar referências, dados elegíveis, livros ou outras informações que deem mais relevância para o que está falando.

Por fim, conclua o que foi abordado na redação para entrevista e finalize.

7. Faça um rascunho antes de começar

Assim que souber ou definir o tema, desenvolva um plano de escrita. Em primeiro lugar, escolha questões essenciais para serem abordadas nas redações, pontos que não podem faltar.

Para conseguir montar um bom conteúdo, você pode dividir o rascunho em tópico e depois unificar em apenas um tema.

Fazer um rascunho com subtópicos para serem abordados no tema e na ordem exata, te ajudará muito a se organizar e apresentar um texto coerente.

Como começar uma redação de entrevista? 

Como já sabemos, a redação é uma das etapas mais difíceis para a maioria dos candidatos. Isso porque, muita gente não sabe a estrutura de uma dissertação e não domina a escrita, por exemplo.  

Todavia, a redação para entrevista é muito comum em processos seletivos, inclusive, em algumas seleções elas podem ser até mesmo um elemento surpresa. 

Imagina, você se preparou para responder perguntas a seu respeito, pesquisou sobre a empresa e sabe as respostas das questões mais abordadas em entrevistas de emprego.

No entanto, de última hora, o recrutador solicita que os candidatos façam uma redação para decidir qual é o profissional mais qualificado para a vaga.

Afinal, será que você se sairia bem? Conseguiria desenvolver qualquer tema bem? Saberia ao menos como ou por onde começar uma redação para entrevista?

Se a maioria das suas respostas foram “Não”, não precisa se preocupar! Separamos algumas dicas que podem te ajudar. 

Continue acompanhando!

#Analise o tema proposto

Se o recrutador passar um tema para redação, antes de iniciar a sua escrita, reflita sobre o tema proposto e fique atento ao que se pede. 

Destaque os pontos principais e analise ideias sobre o tema principal. É interessante destacar uma palavra-chave na abordagem do tema.

Dessa forma, você conseguirá estruturar bem o texto e ter mais ideias sobre o que pode ser abordado.

Leia nosso texto e descubra quais são os temas de redação mais comuns em processos seletivos. 

Todavia, se o tema for livre, esteja preparado para abordar um assunto atual e interessante, se encontrar algo que tenha a ver com o mercado de trabalho ou setor que a empresa está inserida, seria uma boa ideia. 

É muito importante que você escreva sobre algo que domine, não adianta tentar escolher um tema interessante, mas que não conseguirá abordar bem.

Em algumas situações, se manter na zona de conforto pode ser a melhor alternativa. Prefira fazer algo simples, mas bem feito! 

#Faça um rascunho

Separe um tempo para fazer um rascunho. Coloque no papel tudo que vier à mente sobre o assunto. 

Após expor suas ideias, sem julgamentos, leia como um leitor crítico e faça as alterações necessárias. 

#Organize suas ideias

A partir do rascunho você deve organizar suas ideias, descarte o que acha irrelevante e deixe apenas o que corresponde ao tema proposto. 

Selecione as palavras-chave e ideias que farão parte da sua dissertação. Não se esqueça de definir a sua tese. 

O que você pensa sobre o tema? É contra ou a favor? 

Use seus argumentos, exemplos e fatos para defender sua tese. 

#Escreva a introdução

redação para entrevista

A introdução é uma das partes mais importantes de um texto. O seu principal objetivo é conduzir o leitor ao assunto principal do texto. 

Na verdade, existem muitas maneiras de fazer uma introdução, sendo assim, deixe a sua criatividade fluir.

Porém, lembre-se, nada de fazer uma introdução muito grande e cansativa. Aposte em 3 ou 5 parágrafos de no máximo 3 linhas. 

Você pode começar sua redação para entrevista com algum dado importante, uma situação, ou fazendo uma pergunta, por exemplo. 

Exemplo 1: Você sabia que 10 a cada 50 candidatos não se dão bem na redação de processos seletivos? 

No caso de dados e estatísticas, é muito importante citar a fonte. 

Exemplo 2: Segundo a Recruta ADM, apenas 30% dos candidatos de processo seletivos tiram uma nota maior que 5 na redação. 

Exemplo 3: Segundo Franz Kafka, um livro deve ser um machado que quebra o mar gelado em nós. 

Após a introdução, comece a desenvolver sua redação. Exponha os argumentos sobre o tema principal do texto.

No meio do desenvolvimento você pode usar argumentos para defender a tese apresentada na introdução. 

A última parte da sua redação é a conclusão; um resumo dos fatos apresentados no texto. Algo simples e objetivo. 

Como fazer uma redação falando sobre você?

como fazer uma redação falando sobre você

Apesar de escrever diariamente para outras pessoas, tenho muita dificuldade de falar sobre mim, mesmo me conhecendo muito bem.

Talvez você compartilhe da mesma dificuldade, mas isso não é incomum ou errado, desde que você se conheça. 

Todavia, se for participar de uma entrevista, saiba que existe uma redação comumente chamada “Quem sou eu”.

Nela, o candidato precisa falar sobre si, e, por incrível que pareça, muitas pessoas não  sabem o que dizer. 

Isso não ocorre pelo fato dele não se conhecer, mas apenas por medo de colocar algo que o recrutador não goste e, assim, ser desclassificado. 

Então, como fazer uma redação falando sobre você?

Essa redação deve funcionar como uma autobiografia ou retrato pessoal. Na introdução, você pode se apresentar e informar seus dados pessoais, por exemplo, nome, idade, estado civil, cidade natal.

Em seguida, fale um pouco mais sobre sua trajetória, hobbies e principais características como pessoa.

Na próxima etapa, você deve falar sobre sua vida profissional: formação, experiência, habilidades. 

Seja sempre sincero e verdadeiro, além disso, tenha uma linguagem leve, menos informal, mas equilibrada.

Se você possui habilidades comportamentais e transferíveis que podem te destacar como candidato a vaga, não deixe de citá-las. 

Por fim, conclua falando um pouco sobre suas expectativas, sonhos e o que deseja para sua carreira.

Quais são os temas mais comuns de redação para entrevista de emprego jovem aprendiz? 

Em suma, é muito difícil saber quais são os temas comuns, eles podem variar mediante a diversos fatores. 

O que você pode fazer para se dar bem é manter-se atualizado sobre temas, polêmicas e tendências da atualidade, não apenas do Brasil, mas também do mundo. 

Fora isso, ao colocar as dicas citadas neste texto em prática, você conseguirá desenvolver qualquer tema com tranquilidade.

Portanto, não fique preso a temas, até porque, você pode ter uma surpresa na hora e não conseguir se equilibrar.

Foque nas estratégias que podem te ajudar a escrever uma redação para entrevista e não apenas nos temas que podem cair na seleção, isso não está sob seu controle.

Estude, leia bastante, treine a escrita e tenha autoconfiança. Absorva diferentes tipos de mídias e estude temas fora da sua realidade ou que não esteja habituado. 

Conclusão

Para ter sucesso na redação para entrevista você precisa ter certeza de que a sua ideia está sendo transmitida corretamente para alguém, a melhor forma de descobrir isso é se colocando no lugar do leitor.

Fora isso, não deixe de colocar nossas dicas em prática e boa sorte!

Recomendação de leitura: você sabe qual é a diferença entre coesão e coerência?

Trends