Como conseguir trabalho: 5 habilidades essenciais

Até junho de 2021, o desemprego no Brasil atingia a marca de 14, 8 milhões de pessoas, segundo dados do IBGE. Essa realidade apenas transparece aquilo que vemos todos os dias: de iniciantes a profissionais capacitados buscando a fórmula para encontrar trabalho. 

Anúncios

O mundo tem mudado muito e hoje os formatos de trabalho não se restringem mais àqueles tradicionais: CLT, com horário de saída e de entrada, sem flexibilidade, com situações em que há medo de se comunicar com o chefe. 

É fato que esse tipo de trabalho ainda existe e ainda é maioria dominante no mercado, e não há problema nenhum quando empregadores e empregados respeitam seus limites e condições.

Mas aos poucos, uma nova onda está tomando conta das empresas e das pessoas, e novas habilidades estão sendo exigidas nesses novos modelos. 

Por isso, neste post você vai conferir:

  • Mudanças no formato de trabalho tradicional
  • Diferenças entre soft skills e hard skills
  • Importância do aprendizado contínuo para conseguir trabalho
  • Habilidades para conseguir trabalho em qualquer área

Mudanças no formato de trabalho tradicional

O país, de maneira geral, já caminhava para um processo de mudança na forma de contratar profissionais, fazendo com que houvesse mais autônomos, maior quantidade de trabalhos em home office, maior flexibilidade de horário. 

Acontece que a situação de pandemia, desde 2019 obrigando todos no mundo inteiro a ficarem em casa, acelerou muito toda essa revolução. Hoje muitas relações de trabalho já são baseadas em confiança, possibilitando ao profissional maior independência. 

A questão é: crise atrás de crise, não ficou mais fácil conseguir um trabalho. Talvez tenha ficado até mais difícil com o tempo, e quem sofreu demissões em virtude de problemas financeiros das empresas nessa situação, precisa se reinventar. 

Mesmo em meio a tantas dificuldades, não é impossível conseguir um trabalho hoje. 

Mas o primeiro passo é saber como está o mercado e se adequar à ele, de acordo com os seus objetivos. 

Diferença entre soft skills e hard skills

Pode ser que você já tenha ouvido por aí essas duas expressões: soft skills e hard skills. Essas palavras em inglês dizem respeito aos tipos de habilidades necessárias para conseguir um emprego. 

Mas como elas podem te ajudar?

Entendendo a linguagem que se fala nesse mundo, fica mais fácil se inserir e entender o que está acontecendo. 

 De forma resumida, as hard skills são habilidades técnicas essenciais para desenvolver determinadas funções. 

Já as soft skills são habilidades comportamentais, que dizem respeito a sua aptidão social, relacionamentos e etc. A junção de ambos é o equivalente ao profissional “perfeito” para o mercado de trabalho. 

Hard Skills

Como cada tipo de trabalho possui uma necessidade, as habilidades técnicas podem variar de acordo com a função que será exercida. Porém, de maneira geral, podemos dar os seguintes exemplos de hard skills:

  1. Ensino superior
  2. Especializações e pós-graduações
  3. Certificações específicas em cursos rápidos
  4. Análise estatística de dados
  5. Conhecimentos em liderança
  6. Conhecimento em softwares específicos
  7. Fluência em idiomas

Soft Skills

Especialmente no que diz respeito ao relacionamento interpessoal, as habilidades comportamentais são extremamente importantes para conseguir um trabalho. 

Segundo dados da Associação Brasileira de RH do Brasil, nove em cada dez profissionais são contratados por habilidades técnicas e demitidos por questões comportamentais. 

Isso diz muito sobre a importância das soft skills, não é mesmo?

Portanto, é fácil constatar que ser uma pessoa boa, de caráter, que tenta melhorar constantemente e busca conhecer a si mesmo, é uma pessoa que evolui em todos os âmbitos da vida. 

Alguns exemplos de soft skills podem ser:

  1. Facilidade no relacionamento interpessoal
  2. Empatia
  3. Inteligência emocional
  4. Flexibilidade
  5. Persuasão
  6. Boa comunicação
  7. Honestidade

E muitas outras. Ter a consciência de que habilidades desses dois âmbitos precisam ser trabalhadas é essencial para conseguir um bom trabalho. 

Importância do aprendizado contínuo para conseguir trabalho

Estagnar, para quem quer conseguir um trabalho, também não é uma opção inteligente. O mundo muda constantemente – e quem viveu de 2019 para cá entende na pele essa realidade. 

Se contentar apenas com experiências de trabalhos anteriores pode ser um tiro no pé para quem quer evoluir na carreira. Ainda que o currículo tenha curso superior, na maioria dos casos, ele não basta. 

Isso não significa que o profissional precisa se martirizar constantemente, não ter tempo para nada, e abrir mão de coisas que gosta para aprender coisas que não gosta tanto assim. Mas buscar evoluir, se atualizar e se reciclar dentro da própria área, é uma boa estratégia para se manter no jogo. 

Curso superior

Mesmo com experiências anteriores, o curso superior é uma escolha inteligente para quem quer garantir um salário melhor ou outras formas de reconhecimento dentro de uma empresa. 

Cursar uma graduação prova que você é capaz para atuar naquela área, tanto na parte teórica como na parte prática. Conseguir um trabalho pode ser um pouco menos penoso tendo ensino superior no currículo.

Cursos complementares

Se atualizar frequentemente com cursos complementares de atualização e capacitação profissional também é uma boa escolha, sempre entendendo que muitos processos mudam rapidamente. 

Hoje, muitas plataformas oferecem cursos livres de diferentes temas, com duração rápida, média ou longa, na modalidade presencial ou online. Recrutadores valorizam aqueles que buscam capacitações contínuas para atualizar os seus conhecimentos. 

Bom currículo

Todos esses pontos citados colaboram para acumular diferenciais na hora de conseguir um trabalho. Entretanto, saber apresentá-los da melhor maneira possível é essencial para ser notado e não ter seu currículo jogado no fundo da gaveta de um gestor. 

Hoje, muitas pessoas se dedicam a fazer especificamente essa função: ajudar outras a criar um bom currículo e aumentar as chances de contratação. Na internet, muitos conteúdos gratuitos ensinam de maneira prática, assim como em plataformas como o LinkedIn. 

A apresentação é a primeira impressão da sua marca, que é você mesmo. A sua deixa para conseguir um trabalho pode estar na forma como você coloca suas informações em um currículo. Atente-se a esse detalhe. 

5 habilidades para conseguir trabalho em qualquer área

Além de tudo o que já foi falado, algumas habilidades sociais colaboram para que você consiga trabalho em qualquer área. Veja quais são:

Inteligência Emocional

Para saber resolver problemas, lidar com pessoas e pensamentos diferentes, passar por situações difíceis. 

Comprometimento

Para entregar os trabalhos no prazo, chegar no horário combinado e ser sincero com seus superiores. 

Flexibilidade

Para se adaptar a situações não programadas e aprender a dar atenção a opiniões diferentes. 

Boa comunicação

Para não haver ruídos nas mensagens e ter bons resultados, com base em bons briefings e transparência nos processos. 

Empatia

Para entender o outro como um ser pensante e normal, principalmente o cliente, mesmo quando a ideia dele for diferente da sua. 

Mesmo em tempos difíceis, precisamos acreditar que é possível adquirir todas essas habilidades e buscá-las para conseguir um bom trabalho. 

Se você está desempregado, não desista! Acompanhe nossos conteúdos e siga nossas dicas. 

Gostou do conteúdo?

Aproveite para ler também o nosso último post: “Diretor Financeiro e a importância desse profissional”.

Trends