Como lidar com a diversidade no trabalho

Já foi o tempo em que diversidade no trabalho era algo que podia ser deixado em segundo plano pelas empresas.

Anúncios

Com o termo ganhando mais força através da TV e das redes sociais, a importância de contar com um time diversificado tem se tornado uma pauta cada vez mais frequente entre as empresas dos mais diversos ramos.

Mas será que essas empresas realmente entendem a importância da diversidade cultural na hora de criar o seu time de colaboradores?

Será que elas estão lidando com a diversidade no mundo corporativo da maneira correta? No conteúdo de hoje, vamos explorar um pouco esse tema, que é tão comentado nos dias de hoje.

O texto abaixo será dividido em tópicos, com o objetivo de tornar a leitura mais fácil, e os assuntos são:

  • O que é diversidade no trabalho?
  • Quais as vantagens da diversidade na empresa?
  • Uma mudança necessária em todos os níveis da empresa
  • Pelo fim da “cota da diversidade”
  • Formas eficientes de aumentar a diversidade na sua empresa
  • Conclusão

O que é diversidade no trabalho?

Partindo do contexto social, a diversidade consiste na convivência de indivíduos diferentes nos mais diversos aspectos: etnia, cultura, gênero, orientação sexual, religião, classe social, idade etc. 

Apesar de ser um tema que ganhou o foco da mídia e virou assunto de conversas somente nos últimos anos, a diversidade é um aspecto presente no Brasil, por sua população etnicamente diversificada.

Quando aplicada no ambiente corporativo, a diversidade consiste em integrar pessoas que compartilham ideias e visões diferentes.

É através dessa junção de vivências – sempre respeitando a individualidade e as diferenças de cada um – que a empresa conseguirá alcançar bons resultados.


Quais as vantagens da diversidade no trabalho?

Ao implantar uma política que prioriza a diversidade, a empresa garante alguns benefícios, como:

Criatividade

Ao possuir um time de colaboradores diverso, os vários pontos de vista apresentados por eles podem favorecer o desenvolvimento e surgimento de novas ideias.

Uma redução de conflitos

Partindo do princípio que diversidade e respeito andam juntos, os conflitos em equipes onde há diversidade tendem a ser menores, apesar das diferentes vivências de cada um.

Melhores resultados

Os itens anteriores, somados com uma cultura organizacional bem estruturada e gestão que respeita e entende a individualidade de cada um, resultando em uma melhoria nos resultados, garantindo que a empresa cresça cada vez mais.


Uma mudança necessária em todos os níveis da empresa

Ter colaboradores que possuem diferentes pensamentos, culturas, etnias e vivências faz com que a empresa seja um local extremamente plural e democrático.

Mas, quando se trata do ambiente corporativo, é importante se atentar ao comportamento de todos os níveis da empresa.

De que adianta uma empresa promover a importância da diversidade e bater na tecla do respeito sempre, mas no dia a dia existem gestores preconceituosos e que não respeitam esse conceito?

Isso acontece através das tão conhecidas “piadas” de mau gosto sobre gênero, orientação sexual ou etnia, por exemplo.

Gestores que possuem esse tipo de atitude – muitas vezes indo contra o que a empresa em si defende – ajudam a criar um ambiente de trabalho cada vez mais tóxico, influenciando negativamente a rotina dos envolvidos.

Por isso, para combater esse tipo de comportamento, é muito importante que a empresa estabeleça uma cultura organizacional efetiva e cada vez mais focada no conceito de diversidade.

Pelo fim da “cota da diversidade”

O que ainda acontece bastante são empresas e gestores que tratam o tema diversidade como uma obrigação. Afinal, nos dias de hoje ninguém quer que a sua empresa seja vista como um lugar que não é diverso, né?

Isso faz com que algumas gestões ainda tratem a diversidade mais como um problema que pode ser resolvido apenas com a contratação de algumas pessoas que possuem o perfil diferente do restante da empresa, só para preencher uma cota.

Esse é um tipo de pensamento que precisa acabar o mais rápido possível.

Quando aplicada da maneira correta em uma empresa, a diversidade vai muito além da contratação.

Ela ajuda a garantir que essas vozes também sejam ouvidas, fazendo com que esses colaboradores se sintam valorizados e pertencentes ao grupo.


Formas eficientes de aumentar a diversidade no trabalho

Para que seja possível iniciar uma cultura de diversidade mais efetiva na empresa, é necessário a implantação de algumas ações e mudanças na rotina empresarial. A seguir, separamos algumas delas:

Avalie a empresa

Antes de tudo, o primeiro passo é sentar e avaliar o panorama geral da empresa.

Dessa forma, você conseguirá definir os pontos de melhoria e por onde começar a implementar as mudanças.

Avalie também se a empresa e os funcionários estão preparados para o início de uma política e ações com foco na diversidade.

Trabalhe em políticas de RH mais inclusivas

Uma das ferramentas mais importantes para a construção de uma política de diversidade é o RH.

Um setor de Recursos Humanos realmente preparado saberá promover ações inclusivas e que valorizem o potencial e o trabalho de todos os colaboradores, sempre com muito respeito e imparcialidade.

Outras ferramentas que o RH pode tomar são: realização de palestras e debates, treinamentos sobre o tema e a implantação de uma comunicação interna efetiva sobre o assunto. 

Repense os processos seletivos aplicados

O primeiro contato que os candidatos terão com a empresa é através do processo seletivo.

Por isso é importante estruturar um processo que exclua questionamentos e/ou regras que possam ser discriminatórias. Isso inclui perguntas sobre orientação sexual, opinião política e até mesmo existência de filhos quando não há nenhum contexto, por exemplo.

Lembre-se: você está buscando um bom profissional. Foque nas habilidades do candidato e na sua experiência. Dessa forma, a empresa estará estimulando a contratação de diferentes gêneros, culturas e classes sociais.

Invista na capacitação de novas lideranças

Além de trabalhar na contratação, outro passo muito importante é saber identificar e trabalhar na capacitação e desenvolvimento de lideranças em potencial.

Ao oferecer uma capacitação efetiva, esses novos líderes estarão preparados para coordenar pessoas e trabalhar bem a diversidade em sua gestão.


Conclusão

Para finalizar, pudemos perceber a importância de uma gestão que prioriza a diversidade no trabalho, e que buscar torná-la realidade na cultura organizacional da empresa pode fazer toda a diferença.

Essas mudanças ajudam a trazer inúmeros benefícios ao ambiente de trabalho e aos colaboradores num geral.

Também deu para notar que, felizmente, cada vez mais e mais empresas estão abrindo os olhos para essas mudanças, apoiando essa transformação de maneira genuína.

Isso faz a diferença.

Gostou do conteúdo?