Como receber e dar feedback: dicas essenciais

Desde já, veja dicas essenciais sobre como receber e dar feedback que vão facilitar no seu dia-a-dia corporativo!

Anúncios


Hoje em dia, é muito difícil encontrar alguém que desconheça a palavra feedback. O termo, que tem se popularizado cada vez mais nos últimos anos, se tornou um tema quase que obrigatório no mundo corporativo.

Por isso, no conteúdo de hoje vamos falar um pouco sobre a importância dessa ferramenta para o sucesso de uma empresa, além de te dar dicas para dar e receber feedbacks de forma correta!

O texto será dividido nos seguintes tópicos:

  • O que é feedback?
  • O crescimento da cultura do feedback
  • Feedback de funcionário para o chefe
  • Dicas essenciais na hora de dar um feedback
  • Dicas essenciais na hora de receber um feedback
  • Conclusão

O que é feedback?

Quando tratamos do âmbito profissional, o feedback consiste num processo de avaliação, onde são abordados os pontos fortes e fracos do trabalho de determinado colaborador ou equipe, e tem como objetivo destacar os aspectos positivos e pontuar os pontos negativos para que eles possam ser trabalhados e, consequentemente, superados.

Essa ferramenta tem se tornado cada dia mais importante para o crescimento profissional, já que é uma maneira bastante eficaz de oferecer um retorno para os colaboradores quanto ao desempenho e desenvolvimento de cada um na empresa.

E, ao ser aplicado de maneira correta, pode ajudar a refletir positivamente nos resultados da empresa.

O crescimento da cultura do feedback

Como já dito no começo do texto, a realização de feedbacks tem se tornado algo cada vez mais comum no ambiente de trabalho das empresas. O conceito, quando bem aplicado, ajuda a garantir um direcionamento melhor para quem recebe.

Além disso, o feedback é uma ótima maneira de incentivar ainda mais quem já está se destacando e dar aquele UP para quem anda desanimado e, muitas vezes, precisa de uma motivação extra.

Feedback de funcionário para o chefe

Engana-se quem acha que a prática de feedback é algo exclusivo do chefe para os funcionários. Por mais que existam pessoas que ainda acham que os funcionários não podem agregar em nada em relação ao comportamento do gestor, essa ideia está completamente errada.

Uma gestão séria e preocupada com o seu time está sempre aberta para receber eventuais feedbacks, já que, independentemente do grau hierárquico da empresa, todos possuem pontos que podem ser melhorados.

Além disso, para o gestor, é muito importante saber a opinião dos colaboradores com relação ao seu modelo de liderança, podendo ajudá-lo a identificar eventuais pontos de melhorias na sua gestão.

Quando há esse tipo de avaliação partindo também dos funcionários, a comunicação entre os líderes e colaboradores flui cada vez melhor, tornando a rotina de trabalho mais leve para todos.

Cinco dicas essenciais na hora de dar um feedback

Dar um feedback para alguém pode ser uma missão bem difícil, né? Por isso, para te ajudar, listamos algumas dicas essenciais para que você possa desempenhar bem essa função, tornando a experiência positiva para todos os envolvidos.

Estabeleça uma ordem de assuntos

Antes dessa conversa, é importa traçar um roteiro do feedback, com os pontos e tópicos que você gostaria de abordar organizados em ordem. Além de impedir que o assunto se perca, você garantirá que todos os temas importantes serão devidamente falados.

Escolha bem o local

Ao aplicar um feedback, um fator que sempre deve ser levado em consideração é o local escolhido. Dê preferência a locais mais calmos, tranquilos e confortáveis para todos. Em casos de conversas individuais, busque também realizá-lo em um lugar sem a presença de terceiros que não façam parte da conversa, como outros funcionários, por exemplo.

Profissionalismo em 1º lugar

Por maior que seja o seu envolvimento com o colaborador, lembre-se sempre que você está em um ambiente profissional.

Por isso, nada de desabafos e mistura de emoções durante o feedback. Profissionalismo sempre. Além disso, em casos de feedbacks negativos, lembre-se sempre de oferecer críticas construtivas, que ajudarão no desenvolvimento do profissional.

Atente-se ao momento mais apropriado para essas conversas

Escolha momentos mais tranquilos para a realização do feedback.

Ao convidar a pessoa para conversar enquanto ela passa por momentos de tensão, nervosismo, pressão ou raiva podem prejudicar o desempenho da sua conversa, fazendo com que o feedback muitas vezes seja em vão.

Seja claro e direto

É importante que você seja o mais claro possível. Nessa hora, deixe de lado palavras difíceis. Isso só prejudicará a compreensão da mensagem que você quer passar. Aposte sempre em um vocabulário mais simples e de fácil entendimento. 

Cinco dicas essenciais na hora de receber um feedback

Agora que já falamos um pouco sobre algumas dicas para quem vai dar um feedback, chegou a hora de falar com quem irá receber.

Ouça com atenção

Enquanto você está recebendo o feedback, ouça-o sempre com bastante atenção, mesmo que não concorde com todos os pontos tratados. Ao final, provavelmente você terá um momento para que possa expor seus pontos de vista. 

Não saia do feedback com dúvidas

Isso é primordial! Afinal, o motivo mais importante da realização de um feedback é o desenvolvimento – seja pessoal ou profissional – dos envolvidos. Então, se você ficou com alguma dúvida durante a conversa, não fique com vergonha de comentar sobre elas.

#Gratidão

Ao receber um feedback positivo, lembre-se de agradecer pelo reconhecimento e utilize esse retorno positivo como motivação para continuar dando o seu melhor.

Críticas também são bem-vindas

Em caso de um feedback negativo, lembre-se: toda e qualquer crítica – desde que seja construtiva e embasada – oferece a possibilidade de crescimento. Portanto, saiba aproveitá-la para evoluir.

Profissionalismo em 1º lugar

Essa é uma dica que vale tanto para quem aplica quanto para quem está recebendo o feedback. Nessa hora, é necessário deixar as emoções e sentimentos de lado para que você possa se concentrar mais e, assim, absorver a conversa melhor.

Conclusão

Como pudemos perceber, a cultura do feedback é algo benéfico para todos.

Agora que você já conhece um pouco sobre a importância da prática de feedback para o desenvolvimento dos colaboradores e da empresa como um todo, que tal colocar algumas das dicas que você aprendeu aqui e torna-lo algo recorrente na rotina de onde você trabalha?

Gostou do conteúdo?

Aproveite para ler também Lições de Barack Obama sobre comunicação.