KPI: o que é e para que serve? Saiba como mensurar os seus resultados

Apesar de ser um termo bastante popular em determinados setores do mercado – como na área de publicidade e marketing, por exemplo – o termo KPI ainda pode provocar muitas dúvidas em quem não está tão por dentro do tema.

Anúncios


Foi pensando exatamente nisso que resolvemos criar o conteúdo de hoje. Ao longo do texto, você irá descobrir o que é, como funciona e qual a importância dos KPIs para que a empresa alcance o sucesso!

O texto a seguir será dividido em tópicos, e cada um deles tratará de um tema específico, que estão listados logo abaixo. Boa leitura!

  • O que é KPI?
  • Como funcionam os KPIs?
  • Qual a importância dos KPIs?
  • Quais as principais categorias de KPIs presentes no mercado?
  • Como utilizar os KPIs dentro de uma empresa?
  • As vantagens da definição de KPI dentro da empresa

O que é KPI?

A sigla, que vem do inglês Key Performance Indicator – ou Indicador-Chave de Desempenho, em português – são os principais indicadores utilizados para mensurar e fazer o acompanhamento dos progressos e resultados de uma empresa.

Essas informações são de extrema importância para o funcionamento de uma empresa. Com elas, é possível constatar se a empresa – ou até mesmo um departamento ou setor – está alcançando os objetivos propostos ou não.

Dessa forma, é possível traçar novas rotas e estratégias visando melhorar esse desempenho e, consequentemente, os resultados alcançados na empresa.

Como funcionam os KPIs?

Os KPIs possuem um papel fundamental para o futuro de qualquer empresa. É através desse conjunto de indicadores que servem – ou que medem – a performance de uma organização na sua/nas suas áreas de atuação.

Cabe à empresa selecionar os indicadores que mais fazem sentido – e que são mais importantes – para a gestão da rotina de trabalho.

É importante também manter esses indicadores sempre atualizados. Dessa forma, fica mais fácil acompanhar suas atualizações e a forma como cada um deles se desenvolve. 

Isso também fará com que as informações e resultados fluam de maneira mais fácil e objetiva entre os setores da empresa.

Um modelo bem simples e fácil de entender: a nota que os clientes dão para o atendimento de um colaborador após um determinado atendimento. Ao ser feita, essa nota se transforma em um indicador referente ao atendimento oferecido.

Essa avaliação é registrada no sistema – com a nota e o feedback dado pelo cliente. Essa nota de satisfação fica visível para todos os setores responsáveis. Eles tomarão a melhor decisão para lidar com a situação.

Quais as principais categorias de KPIs presentes no mercado?

Como deu para perceber, as possibilidades que envolvem os KPIs são várias. Mas como decidir quais são as mais fundamentais para realizar uma gestão bem sucedida do seu negócio?

Pensando nisso, listamos algumas das principais categorias de KPIs presentes no mercado.

Indicadores de capacidade

É o indicador que representa a quantidade que determinado produto consegue ser produzido e o tempo que tal produção pode levar. 

Um exemplo desse indicador é a quantidade de produtos que determinada máquina consegue fazer em um período X de tempo.

Indicadores estratégicos

Independente do setor de atuação, traçar boas estratégias é essencial para alcançar o sucesso. 

Através dos indicadores estratégicos, é possível acompanhar o andamento da empresa em relação às metas que foram definidas anteriormente. 

Isso permite criar um comparativo entre a situação que a empresa enfrenta no momento e qual seria o resultado esperado para o momento.

Indicadores de produtividade

Como o próprio nome já diz, o principal objetivo desses indicadores é avaliar o rendimento da empresa/setor e como anda a eficiência dos processos realizados por ela.

De modo geral, é uma maneira de mensurar a quantidade de recursos que determinada empresa/setor utiliza na geração do produto e/ou serviço que está designado a fazer.

Indicadores de qualidade

Já nesse aspecto, os indicadores de qualidade podem ser utilizados na hora de mensurar a percepção dos clientes em relação a sua empresa.

Através dele, é possível que a empresa consiga acessar o grau de satisfação que os clientes têm em relação aos produtos e/ou serviços e/ou atendimento prestado pela marca.

Um exemplo rápido é a nota que um cliente dá para o atendimento de um colaborador.

Como utilizar os KPIs?

Os KPIs são extremamente necessários para a gestão e o bom desempenho de uma empresa. 

Por isso, é essencial que os gestores responsáveis saibam avaliar bem quais os principais indicadores para o sucesso da empresa e como cada um deles poderá ser adotado na rotina corporativa.

Mas, antes de definir os KPIs que serão adotados, é preciso definir quais objetivos deseja alcançar. Só assim será possível definir as métricas e indicadores que serão utilizados para mensurar os resultados.

As vantagens da definição de KPIs

Esse é um tópico especial para aquelas pessoas que ainda estão se perguntando quais as vantagens de usar KPIs na gestão de uma empresa. Por isso, listamos alguns itens que expressam bem a importância dessa ferramenta.

Uma visão mais clara

Um dos principais benefícios de aderir a essa ferramenta é possibilidade de ter uma visão mais ampla do funcionamento e de como a empresa está se desenvolvendo. Através dos indicadores, as tomadas de decisões também serão mais fáceis de serem tomadas.

Eficiência

Através dos KPIs, a empresa tende a descobrir o seu potencial, ajudando a garantir mais eficiência nos processos – desde a área de produção até a otimização de relatórios de desempenho, por exemplo.

Maior conhecimento sobre os aspectos que envolvem a empresa

A definição de KPI é uma excelente forma de saber mais sobre alguns aspectos essenciais para a empresa, como a identificação dos pontos fortes e fracos que a empresa possui, por exemplo.

Conclusão

Como deu para notar, os KPIs são excelentes ferramentas para a gestão de um negócio. Mas, antes de adotá-las, é necessário ter objetivos claros. Só assim você conseguirá definir quais as métricas serão melhores para te ajudar a alcançar suas metas.

Também é importante ressaltar que cada tipo de negócio pode exigir um KPI diferente, fazendo com que uma métrica que funciona em determinada empresa não seja útil em outra do mesmo segmento.

Gostou desse conteúdo? Então aproveite e leia também  Como engajar com os clientes? 5 passos fundamentais