E-commerce como começar? 7 dicas para criar a sua loja online!

Quando o assunto é montar uma loja virtual, é natural que várias dúvidas surjam e a principal é sempre a mesma: e-commerce como começar, afinal de contas?

Anúncios

Como você já deve imaginar, existem várias questões a serem tratadas e analisadas para que seja possível abrir este e-commerce da melhor maneira.

Então, pensando em te ajudar neste processo, tornando-o o mais tranquilo para você, abaixo você vai encontrar 7 dicas para criar a sua loja online. Confira agora mesmo!

1 – E-commerce como começar? Crie um plano de negócio!

Para começar, você vai precisar montar um plano de negócio, que é fundamental para todo e qualquer tipo de projeto, seja ele virtual ou não. Em suma, é nesta etapa que ocorre o estudo do mercado, bem como a estruturação do negócio e até os detalhes financeiros.

Caso não saiba, este plano funciona como uma série de estratégias e ações, bem como caminhos, que a sua empresa precisa seguir, a curto e longo prazo, para atingir as metas desejadas e ter lucratividade.

Portanto, durante a elaboração do plano de negócio você precisa ter atenção a alguns pontos fundamentais, que são eles:

  • Fluxo de caixa, custos, os investimentos e quanto se deseja ter de lucratividade a curto e longo prazo;
  • Análise do segmento de mercado da loja virtual;
  • Estabelecer os fornecedores e parceiros;
  • Identificar o público alvo e as personas da empresa;
  • Construir uma jornada de vendas pela internet;
  • Analisar todos os cenários possíveis, bons e ruins, etc.

2 – Escolha da plataforma

No passo seguinte das 7 dicas de e-commerce como começar, você vai precisar escolher uma plataforma para a sua loja virtual e fazer a compra de um domínio.  O domínio, caso não saiba, se trata do endereço da sua loja virtual, como, por exemplo: minhamarca.com.br.

Por sua vez, a plataforma é o sistema onde o seu e-commerce está inserido, que permite a personalização, bem como a gerência dos produtos, estoques, preços e muito mais.

Assim, para escolher a melhor plataforma você deve fazer uma análise de vários fatores, como:

  • Custo da ferramenta;
  • Recursos e funcionalidades disponíveis;
  • Amigável para SEO;
  • Integrações com os meios de pagamento;
  • Plugins;
  • Suporte, etc.

3 – Formas de pagamentos

Sem sombra de dúvidas uma das partes mais importantes sobre como começar um e-commerce é estabelecer os detalhes referentes ao pagamento dos produtos comercializados.

Para tal, é preciso ter um mapeamento de quais são os meios de pagamentos que você deseja ofertar para o seu público, já que cada opção pode ter influência no fechamento das compras, bem como na lucratividade da sua loja virtual.

Aliás, o indicado é que você trabalhe com as principais formas de pagamento do mercado, pois quanto mais diversificado for os seus meios, melhor será para o seu e-commerce.

No mais, hoje é possível fazer a utilização de intermediadores e gateway, bem como boletos e links de pagamentos, por exemplo.

Inclusive, é válido conferir se a plataforma escolhida disponibiliza algum meio de pagamento e se permite a integração com outras ferramentas e serviços de recebimento de pagamento.

4 – E-commerce como começar? Organize a loja online!

A etapa seguinte do seu e-commerce como começar é fazer a organização da loja, falando aqui realmente do aspecto virtual da mesma. Logo, alguns detalhes são relevantes:

  • Escolha o tema da sua loja virtual;
  • Adicione o logo da sua loja no site;
  • Tenha uma página de Contato e uma de Sobre.

Além disso, outras recomendações ainda são fundamentais para que você consiga ter melhores resultados com o seu e-commerce, como:

  • Tenha foco na página inicial, pois é ela a vitrine da sua loja;
  • Aposte em um design responsivo, capaz de se adaptar a qualquer tela de dispositivo;
  • Trabalhe toda a hierarquia dos produtos;
  • Tenha cuidado máximo com os banners para que eles não atrapalhem o desempenho e conversão da sua loja.

5 – Invista na segurança da loja online

Quando o assunto é e-commerce como começar, você precisa ainda ter total consciência da importância de investir na segurança da sua loja virtual, já que só assim você conseguirá passar credibilidade para o público.

Afinal de contas, ninguém quer fazer compra em páginas onde há o risco de vazamento de dados ou de ter as suas informações clonadas, não é mesmo? Ora, quando uma fraude acontece, não apenas o cliente é prejudicado, mas você também é.

Dito isso, busque por ferramentas antifraudes para lojas online, há várias opções no mercado hoje, desde a validação de segurança do cartão até o rastreamento do dispositivo de origem do acesso, por exemplo.

A depender da plataforma que você optar para começar o seu e-commerce, ela poderá contar ou não com opções de segurança para tornar a troca de dados mais confiável.

6 – Invista em marketing

De que adianta começar um e-commerce, se você não consegue fazer com que a sua loja virtual chegue até as pessoas certas, não é mesmo?

Dentro deste contexto, é fundamental que ao pensar em e-commerce como começar, você inclua nas etapas de construção da sua loja as ações de marketing, que podem envolver:

  • Campanhas pagas;
  • SEO orgânico;
  • Publicações nas redes sociais;
  • Disparo de e-mails.

Vale mencionar aqui que uma estratégia de marketing não deve excluir a outra, pois elas funcionam melhor em conjunto e trazem melhores resultados para o seu empreendimento.

No entanto, é fundamental que você faça uma análise de cada ação de marketing, conferindo o que realmente faz sentido para a sua loja virtual.

7 – Monitore os resultados

Por fim, para começar um e-commerce e garantir que ele faça sucesso, ainda é essencial que você realize um monitorando dos resultados alcançados, o que é possível através de uma série de ferramentas de análises.

O Google Analytics, por exemplo, reúne informações e dados referentes aos visitantes, as páginas mais visitadas, o tempo de visita, cliques, conversões e muito mais.

A partir desses dados e juntamente com as campanhas de marketing, se torna mais fácil chegar ao valor do retorno do investimento com mais tranquilidade.

Conclusão

Estas etapas permitem que você consiga sanar aquela dúvida inicial: e-commerce como começar? Então, é só colocar cada uma delas em prática para criar a sua loja online.

Lembrando que o desenvolvimento de um e-commerce requer dedicação, investimento e escolhas assertivas, por isso é válido contar com profissionais que entendam do assunto.

Leia também: Gestão De Talentos: O Que É E Qual A Sua Importância?