Jovem Aprendiz: Confira o guia completo

Entrar no mercado de trabalho na maioria das vezes não é uma tarefa muito fácil, principalmente quando se trata de um emprego para menores.

Anúncios

Já que ainda é um pouco confuso entender como funciona uma oportunidade de emprego para menores como o Jovem Aprendiz, pois antes esse tipo de trabalho era até proibido por lei.

No entanto, hoje existem possibilidades de emprego para jovens entre 14 e 24 anos que desejam ter oportunidades de trabalho e técnicas de qualificação.

CONFIRA AS VAGAS ABERTAS EM TODO O BRASIL Leia também!

Sendo assim, continue a leitura e entenda tudo sobre o programa, como a lei que ampara, salário, direitos e até mesmo como conseguir uma vaga de Jovem Aprendiz.

O que é Jovem Aprendiz?

O Jovem Aprendiz nada mais é do que uma modalidade de emprego que tem como objetivo capacitar, orientar e inserir pessoas de 14 a 24 anos no mercado de trabalho.

Dessa maneira, o programa tem como meta principal o aumento de possibilidades de emprego para pessoas sem experiência.

Já para as empresas privadas ou públicas, o programa Jovem Aprendiz é uma oportunidade de contar com mão de obra desenvolvida de acordo com a cultura e critérios da empresa.

Sendo assim o jovem que for selecionado para participar do programa terá a chance de se desenvolver profissionalmente.

E de acordo com seu desempenho, ainda poderá ter a oportunidade de conquistar seu primeiro emprego.

Quais os requisitos exigidos para ser um Jovem Aprendiz?

Alguns requisitos podem variar de acordo com o cargo e função exigidos, mas os básicos são:

  • Ter a idade entre 14 e 24 anos;
  • Pessoas com deficiência não possuem limitação de idade máxima;
  • É obrigatório estar matriculado e cursando o ensino fundamental ou médio;
  • Ter frequência escolar ao longo do tempo que estiver trabalhando.

O que a lei diz sobre Jovem Aprendiz?

Há alguns anos atrás o trabalho para menores não era liberado por lei.

No entanto, com o passar do tempo e visando a necessidade de dar oportunidades de emprego para jovens sem experiência, foi criado o programa Jovem Aprendiz que é garantido por lei e que guarda a empresa e o aprendiz.

Sendo assim, confira alguns dos principais termos encontrados na lei:

  • Empresas que possuam o mínimo de 7 funcionários são obrigadas a contratar a quantidade de Jovem Aprendiz correspondente de 5 a 15% do seu quadro de colaboradores;
  • O contrato de Jovem Aprendiz possui validade de até 3 anos;
  • A carga horária pode variar entre 4 ou 6 horas para estudantes do ensino fundamental, porém para estudantes do ensino médio existe uma autorização que permite até 8 horas;
  • Pessoas com deficiência não se aplicam a idade limite de 24 anos;
  • Além da formação educacional, é necessário fazer um dos cursos profissionalizantes oferecidos de acordo com a área que o aprendiz será incluído;
  • Com relação a carga horária dos cursos, eles devem compreender pelo menos 20% da carga horária total e no máximo 50% ao que se refere ao programa Jovem Aprendiz.
CURSOS EM ALTA: Veja as especialidades que mais empregam Leia também!

Como funciona o contrato do Jovem Aprendiz com a empresa

O Aprendiz não deixa de ser um colaborador da empresa, porém, com um acordo de trabalho especial.

Então entenda alguns dos principais direitos que devem estar presentes nesse contrato:

  • O Jovem Aprendiz deve ter o contrato registrado na carteira de trabalho;
  • A empresa deve garantir uma instrução técnica e profissional para desenvolvimento e aprendizado do aprendiz;
  • O aprendiz deve se dedicar ao desempenhar as tarefas e estudos previstos no contrato;
  • O jovem terá direito a folga semanal remunerada, vale-transporte, FGTS e férias;
  • Faltas sem justificativa por meio de atestado ou declaração serão descontados no salário do aprendiz;
  • O Jovem Aprendiz não poderá ter horas extras ou banco de horas, de maneira que não prejudique seu desempenho escolar.

Como funcionam as férias?

Como citamos anteriormente, o contrato do Jovem Aprendiz dá direito a férias.

Mas vale lembrar que esse direito é garantido após completar um ano de trabalho na empresa contratante.

No caso de menores de idade, é sugerido tirar esse período de férias em uma data conciliada com a época de férias escolares, mas isso não é uma regra.

Qual o salário de Jovem Aprendiz?

O salário do aprendiz é calculado de acordo com o salário mínimo, no entanto pode sofrer variações de acordo com a região, porte da empresa, dias trabalhados, entre outros.

Dessa maneira, a média salarial do Jovem Aprendiz pode variar em torno de R$ 660,00 e chegar até R$ 1.500,00.

Vale a pena ser Jovem Aprendiz?

O programa oferece vantagens tanto para a empresa quanto para estudantes.

E ainda auxilia na geração de empregos para jovens que não possuam experiência profissional.

Dessa maneira, o programa ainda oferece crescimento e desenvolvimento de habilidades, sem contar com o enriquecimento de ações como disciplina e responsabilidade.

Como conseguir uma vaga?

O primeiro passo é cumprir com os requisitos mínimos exigidos pelo programa.

Sendo assim, uma vez que você cumpra todos eles, siga as dicas que preparamos para ter mais chances de conseguir sua vaga.

1- Monte seu Currículo

Dessa maneira você poderá incluir um resumo profissional com informações que sejam relevantes para o cargo ao qual está se candidatando, incluindo suas habilidades.

Mas não se esqueça de ficar atento aos erros de gramática, isso faz muita diferença na hora da seleção.

E busque colocar apenas informações essenciais e que sejam relevantes, como dados pessoais, telefone, e-mail, escolaridade, palestras, cursos e de maneira resumida as suas metas para a vaga.

2- Prepare-se para a entrevista

No momento da entrevista é sempre importante manter a calma e ser bem honesto com relação as suas expectativas com relação a vaga.

É bom lembrar que todos que estão concorrendo a vaga não possuem experiência assim como você.

Dessa maneira, busque demonstrar o quanto está disposto a novos aprendizados e mantenha uma postura de proatividade e responsabilidade.

3- Selecione as vagas

Quando começar a buscar por vagas para Jovem Aprendiz, direcione seu currículo para setores que tenham a ver com seu perfil de interesse.

O CIEE possui uma plataforma destinada ao cadastro e distribuição de vagas para aprendizes.

Porque a empresa deve me contratar? Destaque-se dos demais! Confira!

Conclusão

O programa Jovem Aprendiz é uma ótima opção para dar início a sua carreira de trabalho.

Dessa maneira o programa tem o potencial de agregar e facilitar a entrada de jovens no mercado de trabalho.