Motivação no trabalho – o que é e qual a sua importância?

A motivação no trabalho deve ser algo muito bem trabalhado pelas organizações. Leia esse texto e conheça um pouco mais sobre o assunto.

Anúncios


Ter a motivação no trabalho é fator primordial para que as equipes possam apresentar bons resultados e não apenas isso, mas também para que os colaboradores não apresentem sinais de estafa e estresse em seus postos.

Sentir-se bem onde trabalha é um ponto importante para que a engrenagem (serviço) continue girando sem travar. Entenda mais sobre esse assunto nas próximas linhas a seguir. E saiba tudo sobre:

  • O que é motivação?
  • Qual é a importância da motivação no trabalho? 
  • Como manter-se motivado no trabalho? 
  • Como lidar com a desmotivação?

O que é motivação?

“Motivação”, a partir da definição no dicionário, é “um ato ou efeito de despertar o interesse por algo”. Então, por aqui, já temos uma ideia do quão forte e decisivo é esse fator dentro do ambiente corporativo.

A motivação no trabalho está diretamente relacionada à vontade de se manter. Porém, tudo acaba indo além disso, pois esse é o sentimento que pode mover grande parte das suas ações dentro do ambiente.

De forma resumida, é o desejo de cumprir os objetivos que foram estabelecidos. E, com isso, poder atingir bons resultados, tanto por questões internas (desejos do colaborador), quanto por estímulos externos.

É um ponto muito importante dentro da dinâmica organizacional, porém, muitas vezes, acaba sendo raro em muitas empresas.

A motivação é um fator tão decisivo que influencia diretamente no comportamento do indivíduo no trabalho, se relacionando intrinsecamente com o fator comprometimento dos funcionários com a empresa.

Assim, podemos entender que, quanto mais motivado um profissional estiver, melhor ainda ele irá realizar suas funções. Além disso, mais alta será a sua produtividade.


Qual é a importância da motivação no trabalho?

Aqui, ficaria muito raso se citássemos apenas um ponto importante, então, veja o que indicamos abaixo como fatores principais:

1) Melhora a autoestima dos colaboradores

Um dos maiores benefícios da motivação no trabalho é a elevação da autoestima e, consequentemente, da confiança dos colaboradores na organização. Afinal de contas, sentir que o local de trabalho é perfeito para trabalhar é uma das melhores sensações que se pode ter. 

Motivados, os colaboradores começam a se enxergar de forma positiva e também a se comportar de forma mais proativa. Isso faz com que eles se sintam tão bem consigo mesmos que transmitem essa energia para os outros colaboradores, melhorando, assim, o clima organizacional.

Essa melhora na autoestima tem reflexo, não só no clima do ambiente de trabalho, como também na produtividade dos colaboradores, que são capazes de produzir mais por conta própria e até mesmo passam a ter práticas mais inovadoras.

Além disso, esse bem-estar acaba refletindo na vida pessoal, afinal de contas, se estamos felizes no local onde é gerado nosso sustento, fora do ambiente empresarial a tranquilidade e bem-estar são vivenciados também.

Lembre-se que: quando os colaboradores estão motivados, são mais engajados. Conquistam melhores resultados para a empresa, pois desempenham seus papéis com mais satisfação.


2) Otimização do tempo

Esse é um dos pontos mais analisados quando se fala em benefícios relacionados à motivação no trabalho, pois é o que mais fará diferença no cotidiano da empresa de uma maneira geral.

Isso se deve ao fato de que, quando um colaborador está motivado, ele acaba trabalhando de maneira mais rápida e melhor.

Dessa forma, a empresa é capaz de economizar bastante seus recursos e até mesmo de acelerar seu crescimento interno, já que não desperdiçará tempo inutilmente.

Além disso, tendo a otimização do tempo, o colaborador ganha mais qualidade de vida e, consequentemente, ocorre também a diminuição do estresse no ambiente de trabalho.

Ainda: uma boa forma de estimular e aumentar a produtividade é trabalhar com metodologias ágeis, que têm gerado um grande bom no mercado de trabalho (existem vários cursos nessa área).

Essas estratégias, para o desenvolvimento, visam um funcionamento mais eficiente e assertivo, tendo grande impacto no resultado final das ações desempenhadas.

Essas metodologias de gestão valorizam a dinâmica e a interação entre os colaboradores e a cooperação com o cliente, além de buscar adaptar-se a mudanças que poderão surgir pelo caminho.


3) Crescimento pessoal

São várias as maneiras de evoluirmos, porém, dentro da esfera profissional, nada funciona melhor, com mais efetividade, do que a motivação para nos tornarmos produtivos, proativos e, dessa forma, saímos da nossa zona de conforto, buscando novos desafios.

Quem está motivado procura novas oportunidades e experimenta uma forma de agir inovadora, uma nova maneira de executar suas funções, indo além do trabalho repetitivo.

Como já mencionamos, a motivação pode gerar melhora na autoestima e, como parte desse processo, acontece também um crescimento pessoal do colaborador. Isso porque, com uma maior confiança em si, é possível se desenvolver melhor profissionalmente e pessoalmente.

Ainda que a motivação no trabalho geralmente seja mais focada na produtividade e bem-estar da empresa, é saudável e muito comum que ela também acabe sendo levada para o dia a dia pessoal dos colaboradores. Isso também pode refletir positivamente na rotina da empresa.

Existindo essa relação positiva entre colaborador e a empresa, o ciclo de crescimento se retroalimenta de forma fluída, fazendo com que ambos prosperem juntos e que a motivação permaneça por bastante tempo. 

motivacao-no-trabalho-infogr-afico

Como manter-se motivado no trabalho?

Antes de mais nada, é preciso entender quais os tipos de motivação que existem:

Motivação intrínseca

Esse tipo de motivação está relacionado diretamente à força interior de cada indivíduo. Ou seja, essa é aquela motivação que depende somente da pessoa que a possui, é muito particular e pode variar bastante.

Esse tipo de motivação, apesar de ter caráter individual, costuma ser afetado por fatores internos e externos, podendo ter estímulo de objetivos, metas, sonhos e também interesses pessoais.

Motivação extrínseca

A motivação extrínseca está relacionada diretamente a fatores externos. É a motivação ligada à coletividade, ou seja, é como a empresa irá motivar seus trabalhadores a produzir com mais eficiência e eficácia.

As premiações ou bônus oferecidos para colaboradores que atingirem metas do mês ou da semana são bons exemplos de atitudes que podem ser promovidas no ambiente de trabalho para aumentar esse tipo de motivação.

Além disso, a motivação no ambiente de trabalho também pode ser incentivada por atividades diversificadas, treinamentos e outros benefícios para a equipe de trabalho como um todo.

Com base nessas informações, procure sempre se cercar de coisas que tragam bons estímulos e proporcionem bem-estar. Também é importante ver situações conflitantes como desafios a serem vencidos e não barreiras para seu sucesso.

Organize o ambiente de trabalho

De acordo com o site do Instituto Brasileiro de Coaching, a dica para organizar seu ambiente de trabalho é:

Comece cedo – Chegar um pouco mais cedo para organizar suas coisas ajuda a não tomar seu tempo de trabalho;

Arrume sua mesa – Organize onde cada coisa vai ficar (computador, porta canetas, enfeites de mesa, papéis, livros). Preferencialmente, disponha todos os papéis em uma caixa, descrevendo na tampa a que se refere cada material. Após isso, junte o lixo acumulado e livre-se dele.

Priorize as atividades do dia – Priorize as mais importantes, listando as suas atividades do dia. Aquelas de maior importância, faça primeiro, pois elas afetam diretamente a entrega dos resultados.  

Limite o tempo de cada tarefa – Aqui, a ideia é otimizar o tempo e evitar distrações.

Faça pausas – As pausas curtas e regulares auxiliam para que o seu rendimento e performance não caiam. Dessa forma, você consegue manter o foco para realizar o seu trabalho mais proveitosamente.


Estabeleça metas

Quando você busca um sentido para aquilo que está se propondo a fazer, sua concentração no trabalho aumenta em 100%.

De acordo com o doutor Ricardo Monezi, da Unifesp: “para convencer o cérebro de que sua atividade profissional é importante, é preciso mostrar a ele que essa atividade faz com que você cresça e também com que se divirta de alguma forma.

Ou seja, a dica é tentar ver o lado bom da atividade que você está fazendo, mesmo que não seja a atividade dos seus sonhos. Se for algo chato, pense que, por trás dela, existe um propósito, uma missão maior”.

Com isso, estabelecer metas ajuda você a se fixar a o que está desempenhando e colocar seu foco na tarefa, evitando ociosidade.


Valorize o seu emprego

Sabemos que essas não são épocas fáceis para o mercado de trabalho.

Muitas adaptações tiveram de ser feitas para que as pessoas pudessem continuar trabalhando, enfrentando todos os adventos da pandemia, cada um à sua maneira.

Com isso, pensar que a oportunidade que se tem para poder ter o ganha pão é um dos motivos para fazer valer a pena a sua dedicação ao trabalho.

Pense que é a partir dele que muitas coisas boas podem surgir. Você pode ter realizações materiais ou imateriais (sensação de conquista), mas procure sempre pesar o lado positivo para não desanimar e continuar sua caminhada.

Nem todos os dias serão fáceis, mas será por eles que você crescerá e terá ainda mais conhecimento para conquistar seus objetivos.


Construa relacionamentos

Se há uma certeza no mundo, é que as pessoas não conseguem fazer tudo sozinhas.

Ainda mais dentro das corporações, é importante você construir relacionamentos. Pois, uma ajuda é sempre bem-vinda e ter colegas o auxilia até na questão de saúde mental.

A competitividade até pode existir, mas não são todas as pessoas que pensam apenas em galgar status. Pense que ter companheiros onde você trabalha pode trazer experiências enriquecedoras.


Faça pausas durante a jornada 

As pausas são essenciais como falamos anteriormente. Elas auxiliam sua mente a descansar por um período e para que você possa produzir com mais eficácia.

Pausas curtas para um café ajudam o cérebro a “respirar”.


Capacite-se

Estudar amplia os horizontes e traz resultados maravilhosos na vida profissional (o que implica, também, em aumento de qualidade de vida fora do âmbito organizacional).

Faça cursos na área em que você atua ou deseja atuar, verifique quais são as novidades dentro do nicho em que está inserido e, principalmente, sempre se permita aprender.

Ninguém sabe de tudo e o conhecimento liberta! 


Como lidar com a desmotivação?

Lidar com a desmotivação no ambiente de trabalho não é nada fácil. Porém, esse é um desafio que as empresas precisam saber se adequar e poder resolver.

É importante lembrar que, quando os funcionários sabem que podem ser recompensados pelos objetivos cumpridos, se sentem mais encorajados a trabalhar com ainda mais afinco.

Para driblar a desmotivação, uma estratégia que pode trazer resultados surpreendentes são os elogios.

Isso mesmo, um simples elogio pode mudar o dia de um colaborador e elevar enormemente seus níveis de motivação. No entanto, para que isso funcione, é preciso que o elogio seja sincero, pois é notório quando algo é dito sem ser verdade.

É importante dizer que, ao primeiro sinal de desmotivação, é preciso parar de reproduzir/disseminar as falas e pensamentos negativos do ambiente de trabalho.

Esses comportamentos são muito prejudiciais para o clima organizacional e conseguem até mesmo gerar ainda mais desmotivação.


Conclusão

No artigo de hoje, você aprendeu diversas coisas sobre motivação e, também, como lidar com a desmotivação dentro do ambiente corporativo.

A saúde mental é algo muito importante e auxilia a ter estímulos para que a pessoa, além de se sentir confortável onde trabalha, sinta que seu trabalho está sendo reconhecido, ponto crucial para que as tarefas sejam desempenhadas de maneira satisfatória.

Além de tudo, um bom clima organizacional é notável e acaba contagiando as pessoas que tem contato com isso.

Então, você que é líder de equipe, fique sempre atento aos seus colaboradores e use estratégias para que seu time não desanime.

Ainda que estejamos em uma pandemia e tenhamos vários desafios, é muito importante sempre pensar nas pessoas e em como elas se sentem.