Especialista em E-Commerce: Raio X da Profissão!

O e-commerce está cada vez mais em alta e, com isso, a profissão de especialista em e-commerce também se encontra em constante crescimento. Se você está pensando em entrar nesse ramo, ou quer saber como funciona a profissão, o nosso artigo é uma maneira excelente de aprendizado.

Por: [email protected] novembro 30, 2022

O e-commerce está cada vez mais em alta e, com isso, a profissão de especialista em e-commerce também se encontra em constante crescimento. Se você está pensando em entrar nesse ramo, ou quer saber como funciona a profissão, o nosso artigo é uma maneira excelente de aprendizado.

Anúncios

Cada vez mais necessário, o especialista em e-commerce é um profissional essencial para quem quer vender na internet com estratégia, qualidade e bons resultados – e não simplesmente sair atirando para todos os lados. 

Porém, hoje com tanta propaganda sobre profissionais da internet, fica difícil entender qual é, de fato, a função desse especialista e como ele impacta nos frutos obtidos através da venda online, unindo conceitos de marketing e vendas. 

Nesse artigo, faremos um raio X das funções desse profissional, assim como esclareceremos como ele pode ser útil no negócio. Esse post é essencial tanto para quem quer contratar um especialista em e-commerce, como para quem quer atuar nessa área.

Por isso, neste conteúdo você terá acesso a:

  1. Como é a carreira de um especialista em e-commerce
  2. As principais soft skills do profissional em e-commerce
  3. Como se destacar entre tantos no mercado?
  4. Quanta ganha um especialista em e-commerce?
  5. Qual o nome do profissional que trabalha com e-commerce?
  6. O que é profissão e-commerce?
  7. O que precisa para ser um analista de e-commerce?
  8. Os melhores cursos em especialização de e-commerce

Como é a carreira de um especialista em e-commerce

Antes de mais nada, é preciso entender que o profissional de e-commerce nasceu há muito tempo atrás, mas se desenvolveu recentemente, há pouco mais de 20 anos. Ele surgiu lá em 1970, onde a sua principal função era fazer transferência de valores entre pessoas e empresas. 

Porém, foi com o boom da internet que percebeu-se a sua importância e a variedade de atividades nas quais esse profissional está inserido, sendo capaz de amplificar resultados. E não é à toa: basta você, que está lendo esse texto, analisar o quanto a internet facilita o seu dia a dia.

Anúncios

Hoje é possível comprar em restaurantes, comprar medicamentos em farmácia, adquirir roupas, eletrônicos, livros e mais uma infinidade de opções apenas com o celular, sem sair de casa. Porém, com tantas opções, como é que uma marca ganha seu coração e faz com que seja sua escolha para comprar online?

É nesse ponto que entra o especialista em e-commerce. 

É ele que se compromete a conhecer os gostos do comprador online, suas preferências e seus hábitos, assim como alinhar os conteúdos da empresa com as dores de seus clientes e possíveis clientes, e controlar todos os processos para que essa compra seja finalizada com sucesso e o consumidor fique satisfeito. 

Formação do especialista em e-commerce

E afinal, o especialista em e-commerce tem uma formação própria?

Não existe uma formação específica para atuar nessa área, mas existem formações em comuns de quem atua e foi para esse caminho. Hoje, esses profissionais são formados em administração, marketing, relações públicas, gestão comercial e até análise de sistemas. 

Também existem entusiastas que já atuaram na área, contam com a experiência prática de mercado, e viram o crescimento do online. Essa experiência se torna fundamental para resultados mais sólidos. 

Cursos complementares

Apesar de não existir uma formação própria, já existem inúmeros cursos de extensão, pós-graduação e outras aulas livres e complementares de quem atua na função de especialista em e-commerce para quem está iniciando nessa jornada. 

O conteúdo desse artigo é essencial para identificar cursos que realmente ajudam a adquirir conhecimento teórico-prático dessa área. A vantagem dos cursos livres é que eles costumam ser extremamente atualizados e feitos para o momento em questão, o que facilita na hora de atuar. 

Networking é fundamental para o especialista em e-commerce

Uma ótima forma de aprendizado é estar acessível a conexões com pessoas de diferentes segmentos, o que é equivalente a ter portas abertas em diferentes nichos. Por ser uma área nova, o e-commerce exige muita pesquisa, especialmente quando se fala em experiência do usuário.

Conhecer pessoas de diferentes realidades e áreas de atuação facilita a movimentação nesses meios e é uma ótima maneira de adquirir informações únicas. 

As principais soft skills do especialista em e-commerce

Não basta apenas ter uma formação acadêmica geral, ou ser um entusiasta da área, fazer cursos complementares e conhecer muita gente através do networking. O especialista em e-commerce precisa ter ciência que alguns soft skills, as famosas habilidades interpessoais, são tão importantes quanto – talvez até mais. 

O especialista em e-commerce precisa ter Empatia

Como já citado, entender os gostos e hábitos do cliente é extremamente importante para uma estratégia coerente de e-commerce. Isso significa que o especialista nessa área precisa ser empático, para saber ouvir sem julgar, e respeitar o que é normal para o outro, mesmo quando esse não é o natural para si mesmo. 

Sem a empatia, o profissional não é capaz de criar bons caminhos para que seu lead percorra. Sem falar que, no âmbito pessoal, a empatia abre diferentes portas, sejam elas profissionais ou não. 

Raciocínio Lógico e sistêmico

Pensar rápido, juntar o 1+1, conseguir ter visão estratégica, torna tudo mais claro. É quando o todo (as ações de marketing, departamento comercial, logística), caminham para o mesmo objetivo a partir da visão global de um mesmo líder. 

Usar todos os dados disponibilizados através das ferramentas de e-commerce a favor do negócio, mesmo os dados ruins, contribuem para melhorias constantes.

O especialista em e-commerce precisa saber gerenciar o tempo

Sem uma boa organização para gerenciamento de tempo, o especialista em e-commerce pode ter e levar grandes problemas para a empresa em que está atendendo. 

Isso porque, quem trabalha com a internet, precisa passar grande parte do tempo pesquisando, analisando, vendo o que outros estão fazendo e está dando certo. Porém, se não houver disciplina quanto a isso, é muito fácil se perder em meio a quantidade de conteúdo consumido e ao que, de fato, está sendo colocado em prática. 

Criatividade

Ver o que ninguém mais vê, sugerir ações inusitadas, fazer o que ninguém está fazendo ainda. Isso é liberar criatividade e ousadia, e essa área exige pessoas assim, aquelas que dizem que são “fora da caixa”. 

Vale lembrar que a criatividade, assim como todas as habilidades citadas, podem ser trabalhadas e desenvolvidas, tanto em grupo como individualmente. Aprender constantemente faz parte das necessidades de um especialista em e-commerce. 

Como um especialista em e-commerce consegue se destacar entre tantos? Conheça os diferenciais

Com as facilidades de se trabalhar na internet, cada vez mais pessoas se vendem como especialistas em e-commerce, portanto, se destacar é um desafio à parte. 

Porém, é importante lembrar que tudo começa com o básico. Fazer o que está sendo proposto de maneira bem feita e dentro do prazo estabelecido com o cliente, já é um enorme diferencial para a área. 

Outra dica importante é nunca parar de aprender e de se relacionar com pessoas diferentes. Estar sempre com quem pensa exatamente igual a você não é saudável quando se fala em aprendizado abrangente. 

Estar aberto a melhorias, assistir palestras, conhecer pessoas, e viver o mundo real de forma fidedigna, já são ações capazes de abrir portas onde você estiver. 

Quanto ganha um especialista em e-commerce? 

O salário do especialista em e-commerce pode variar mediante a diferentes fatores. No entanto, a média no mercado brasileiro é de R$5.231,00, segundo o Glassdoor.

Qual o nome do profissional que trabalha com e-commerce?

O e-commerce engloba os serviços de diferentes profissionais, neste texto, em especial, estamos falando do especialista em e-commerce, que também é conhecido como “Analista de e-commerce”. 

No entanto, ainda existem outras profissões importantes no desenvolvimento e crescimento de um comércio eletrônico.

Saiba mais no próximo tópico.  

O que é profissão e-commerce?

E-commerce é um comércio eletrônico, ou seja, não presencial; vendas que acontecem em ambiente virtual. 

A profissão e-commerce está relacionada às atividades desenvolvidas nesse comércio eletrônico, que podem ser a administração ou implantação de uma loja virtual, entre outras atividades.

O especialista em e-commerce, é um profissional e-commerce. Ele planeja e elabora estratégias visando o desenvolvimento e crescimento do negócio. 

Além desse profissional, ainda existem outras profissões e-commerce comuns na atualidade. Confira a seguir!

Gerente de E-commerce

É responsável pela administração e também por coordenar os outros colaboradores e suas atividades. 

Ele responde pelo dono da empresa e influi em todas as atividades e áreas do comércio virtual.

Certamente, é um cargo de grande responsabilidade e exige um profissional capacitado e experiente para desenvolver essa função.

Coordenador Comercial

O coordenador comercial é o principal responsável por gerenciar as estratégias de vendas e prospecção da loja online. 

Ele possui funções mais específicas, comparado ao gerente. O coordenador deve montar a equipe de vendas, estipular metas, traçar estratégias e acompanhar o desenvolvimento dessas ações.

Cabe a ela garantir que os objetivos sejam alcançados. Esse profissional deve trabalhar em conjunto com o gerente e o especialista em e-commerce para que tudo flua. 

Vendedor E-commerce

Esse profissional normalmente trabalha conforme as metas estipuladas pelo seu coordenador comercial. 

Seus principais objetivos são encontrar, atrair e converter clientes, usando os canais disponibilizados pela empresa. 

Para ocupar esse cargo e desenvolver a função com êxito, é importante ser persuasivo, focado e flexível, dessa forma, fica mais fácil atingir as metas definidas. 

Coordenador de Atendimento

Esse profissional é o responsável por definir todas as estratégias do setor de atendimento ao cliente e coordenar a equipe de atendimento. 

O departamento que atende ao cliente é um dos mais importante em qualquer modelo de corporação, no comércio eletrônico também não difere. 

Esse setor é responsável pela ligação entre o consumidor e a marca. Ele pode amenizar conflitos, negociar, persuadir, orientar, tirar dúvidas, vender, etc.

No entanto, seu principal objetivo é garantir o melhor atendimento e experiência do cliente.

Atendente de E-commerce

Esse profissional é o responsável pelo atendimento direto com cliente. Ele deve orientar os visitantes da loja virtual em diferentes canais digitais. 

Em muitos casos, é comum que o atendente de e-commerce também seja o responsável por receber clientes e efetuar vendas.

Além das profissões e-commerce citadas acima, o comércio eletrônico ainda precisa de outros setores para seu bom funcionamento, como:

  1. Desenvolvedor de E-commerce;
  2. Web Designer;
  3. Analista de Suporte Técnico;
  4. Social Media;
  5. Analista de Mídia;
  6. Digital Branding;
  7. Gerente de Marketing Digital;
  8. Analista de Marketing Digital;
  9. Analista de SEO Técnico;
  10. Gerente de Logística;
  11. Assistente de Expedição;
  12. Analista de Nutrição de LEADS;
  13. Analista de Métricas;
  14. Especialista em BI.

O que precisa para ser um especialista de e-commerce?

Como já foi citado, não existe uma formação específica para atuar nessa área, entretanto, é muito importante que você tenha formação em alguma área relacionada. 

Caso não tenha, precisará comprovar experiência na área, case de sucesso, ou outros métodos que comprove suas experiências e habilidades para ser um analista de e-commerce.

No mercado existem muitos cursos bacanas que também são ótimos para quem deseja ingressar nessa área, principalmente para quem possui formação superior.

Além dos cursos técnicos, você precisa ter algumas habilidades, sendo as principais delas:

Uma dica valiosa para descobrir o que precisa para ser um analista de e-commerce é procurar por oportunidades na área.

Verifique na descrição da vaga quais as principais exigências da empresa. Compare mais de uma vaga para ver se há um padrão, exigências comuns, etc.

A partir das informações você consegue ter uma base do que o mercado espera desse profissional: habilidades, competências, formação, etc.

Além disso, descobrirá quais habilidades já possui e quais precisará desenvolver para trabalhar na área. 

Quando for um candidato capacitado, procure por oportunidades na área. 

Os melhores cursos de especialização em e-commerce

Apesar de não necessitar de uma formação acadêmica, você precisa se especializar na área de alguma forma para aprender a parte técnica; introdução e metodologias.  

Atualmente existem muitos cursos de especialização ótimos para quem deseja ingressar na área e se destacar.

Um bom exemplo é o curso oferecido pelo Ecommerce na Prática, o Ecommerce do Zero, por Bruno de Oliveira.

Inclusive, eles oferecem muitas aulas gratuitas para conquistar possíveis clientes interessados no curso, Não deixe de conferir!

Ainda existem outras ótimas alternativas no mercado. Confira a lista que separamos logo abaixo!

  1. Fórmula Negócio Online – Alex vargas;
  2. Cursos de E-commerce da Nuvemshop;
  3. Viver de Dropshipping – Danki Code;
  4. Formação Ecommerce Alura;
  5. Ecommerce Oline – Curso de Ecommerce;
  6. Ecommerce 100K – Universidade Ecommerce.

Avalie bem cada alternativa antes de escolher. Observe os temas que serão abordados no curso e veja se ele te ajudará nas habilidades que precisa desenvolver.

Fora isso, confira a reputação do curso, professores e opiniões de ex alunos. Nas redes sociais você encontra esse tipo de informação. 

Caso deseje uma formação universitária que te ajude a ser um especialista em e-commerce, Marketing Digital ou Publicidade e Propaganda podem ser boas áreas para iniciar. 

E aí, vai encarar o desafio de se tornar especialista em e-commerce? 

Se esse conteúdo foi útil para você, continue acompanhando os nossos posts. Leia também: Faculdade de Administração EAD, conheça as melhores opções!